Esportes

Capitão da Checoslováquia em 1962 morre aos 79 anos

Da Redação ·
Ladislav Novak, que foi o capitão da seleção da Checoslováquia na Copa do Mundo de 1962 no Chile, morreu aos 79 anos. A Federação de Futebol da República Checa disse em um comunicado nesta segunda-feira que Nivak morreu na cidade de Ostredek u Benesova, a sudeste de Praga. A causa do falecimento não foi informada. Nascido em 5 de dezembro de 1931, em Louny, o lateral-esquerdo liderou a Checoslováquia que foi derrotada pelo Brasil por 3 a 1 na final da Copa do Mundo de 1962. Novak foi capitão da Checoslováquia em 71 partidas e disputou 75 jogos entre 1952 e 1966. Ele também estava na equipe que terminou em terceiro lugar na Eurocopa de 1960 e foi chamado para as Copas do Mundo de 1958, na Suécia, e de 1954, na Suíça. Novak foi considerado um cavalheiro do futebol, nunca recebendo um cartão vermelho. "Essa foi a minha maneira. Eu treinei mais do que eu tinha [que treinar], mesmo no meu período de férias", disse uma vez. "Eu era cuidadoso para não engordar. Eu não fumava e evita álcool". Novak se aposentou em 1968 depois de ganhar oito títulos nacionais na Checoslováquia pelo Dukla Praga para se tornar treinador. Ele dirigiu a seleção da Checoslováquia em 1971 e 1972 e também treinou vários clubes belgas.
continua após publicidade