Esportes

Gol de Henrique acirra disputa no ataque do São Paulo

Da Redação ·
O atacante Henrique pode ter ganhado neste domingo uma sobrevida no elenco do São Paulo. Com a chegada de Luís Fabiano, o setor fica com seis atletas - sete se contar com Marlos - sendo quatro para a posição de centroavante. Último reserva, ele recebeu o apoio da torcida, entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória do São Paulo sobre o Prudente, no interior. Henrique brigará por posição com Luís Fabiano, Willian José e Fernandão. Durante a semana, teve seu nome ligado ao Atlético-PR, mas foi relacionado por Carpegiani e entrou em campo depois de a torcida pedir a substituição, irritada com a má atuação de Willian José. "O gol ajuda bastante, mas é uma briga sadia, uma briga boa para o clube. Foi muito importante para manter a liderança e eu tive a felicidade de poder contribuir com a vitória", comentou Henrique. O jogador sabe que brigará diretamente com Fernandão e Willian José por um lugar no banco quando o novo reforço chegar. "Luís Fabiano não é mais um. Ele vai entrar e vai jogar. Quero aprender bastante com ele." Outra hipótese para Henrique seguir no clube seria o São Paulo negociar Fernandão. Neste domingo, o Atlético-MG, um dos interessados, anunciou a contratação de Guilherme, ex-Cruzeiro, o que deve frear a negociação pelo são-paulino. Já meia Marlos, que deu o passe para o gol de Henrique, festejou o fato de também ter sido decisivo para o São Paulo ter assegurado a ponta do Paulistão. "Foi um belo jogo. Tivemos de procurar espaços, mas valeu pela liderança. Cada jogo é importante", disse.
continua após publicidade