Esportes

Stoner confirma favoritismo e vence abertura da MotoGP

Da Redação ·
O australiano Casey Stoner confirmou os prognósticos e venceu neste domingo a primeira etapa do ano da MotoGP, no Catar. O piloto da Honda havia sido o mais rápido nos treinos livres do final de semana e largou na ponta na prova noturna realizada em Doha. Jorge Lorenzo, o atual campeão, e o também espanhol Dani Pedrosa completaram o pódio. Esta foi a quarta vitória de Stoner no Catar. Em 2007, 2008 e 2009 ele também havia sido o vitorioso na prova asiática. Desta vez, porém, o triunfo veio correndo com a Honda, equipe com a qual assinou depois de deixar a Ducati, no final da temporada passada. Stoner largou na frente, mas perdeu a primeira posição para Pedrosa logo na largada. Lorenzo também o passou e o australiano caiu para terceiro. Na segunda volta, porém, já estava de novo na liderança, que voltou a perder quatro voltas depois. Na metade da prova, entretanto, o australiano ultrapassou Pedrosa e começou a abrir vantagem sobre os dois espanhóis, que brigavam entre si pelo segundo posto. No final da prova, Lorenzo comemorou a segunda colocação como se tivesse vencido a corrida, tamanho o favoritismo da Honda para o final de semana. Pedrosa ficou em terceiro e Dovizioso em quarto, colocando as três Hondas entre os quatro primeiros. Valentino Rossi, estreando na Ducati, foi arrojado, ganhou posições nas primeiras voltas, mas não fez uma grande prova, atrapalhado pelo fraco desempenho de sua moto. Sete vezes campeão da categoria, ele terminou somente em sétimo lugar neste domingo.

Confira os dez primeiros colocados da etapa da MotoGP: 1 - Casey Stoner (AUS/Honda), em 42min38s569

2 - Jorge Lorenzo (ESP/Yamaha), a 3s440

3 - Dani Pedrosa (ESP/Honda), a 5s051

4 - Andrea Dovizioso (ITA/Honda), a 5s942

5 - Marco Simoncelli (ITA/Honda Gresini), a 7s358

6 - Ben Spies (EUA/Yamaha), a 10s468

7 - Valentino Rossi (ITA/Ducati), a 16s431

8 - Colin Edwards (EUA/Yamaha Tech 3), a 26s293

9 - Nicky Hayden (EUA/Ducati), a 27s416

10 - Hiroshi Aoyama (JPN/Honda Gresini), a 28s920

continua após publicidade