Esportes

Na véspera da estrear, Diego Souza fala em seleção

Da Redação ·
É frase recorrente no discurso dos jogadores: todo mundo gosta de jogar clássico. Ainda mais quando se trata do primeiro jogo de determinado atleta por um clube. É hora de deixar uma boa impressão logo de cara, de preferência com gols e boas jogadas. O cenário é este para Diego Souza, que chegou ao Vasco com pompa de craque e quer de imediato mostrar contra o Botafogo, no domingo, no Engenhão, que a decisão de contratá-lo junto ao Atlético-MG foi acertada. "Estou com saudade de jogar bem. O ano de 2010 foi conturbado, fiquei quase dois meses parado e isso prejudica. Foi frustrante por causa do ano de 2009 que fiz. Aposto em 2011, espero ter um rendimento igual a antes", disse Diego Souza, relembrando que foi eleito o melhor jogador do Brasileiro há dois anos, pelo Palmeiras. A confiança do meia é tamanha que ele não se furta nem mesmo em citar um possível retorno à seleção brasileira. "Quero voltar à seleção, ser um dos melhores jogadores do campeonato", estabeleceu como meta Diego Souza. O técnico Ricardo Gomes deve armar o meio de campo vascaíno com seus três homens mais ofensivos: Felipe, Bernardo e Diego Souza, com Eduardo Costa como volante. Rômulo vai jogar na lateral-direita, na vaga aberta pela suspensão de Fagner.
continua após publicidade