Esportes

Felipão elogia time e nega insatisfação no Palmeiras

Da Redação ·
Depois de ver o Palmeiras golear o Uberaba por 4 a 0, na noite da última quarta-feira, na casa do rival, e se classificar para as oitavas de final da Copa do Brasil por antecipação, o técnico Luiz Felipe Scolari comemorou a atuação da equipe e aproveitou para esclarecer que não está insatisfeito com a sua situação no clube. O treinador desconversou ao ser questionado sobre a possibilidade de assumir o comando do Sporting, de Portugal, que estaria interessado em contratá-lo, e disse que as cobranças que tem feito à diretoria e aos jogadores, por exemplo, são apenas para melhorar a continuidade do seu trabalho no clube. "Muitas vezes eu coloco algumas coisas e as pessoas pensam que é insatisfação, parece que todo dia eu estou insatisfeito. Mas eu só estou tentando melhorar algumas coisas no Palmeiras e, quem sabe, melhorar para outros clubes e que melhore para o futebol brasileiro. Não que eu seja a pessoa que tenha os caminhos para isso, mas eu posso indicar algumas coisas por algum conhecimento que eu já possuo", afirmou Felipão, para em seguida comentar que o Palmeiras soube jogar de forma inteligente diante do Uberaba. "Felizmente os jogadores construíram o resultado, trabalharam bem a bola diante de um adversário com menos categoria do que nós, e a gente sabia disso. Depois de construir o resultado, é trabalhar bem a bola e se posicionar bem em campo para que o adversário cometa mais erros, e nós conseguimos fazer isso", enfatizou. A vitória, porém, não fez o treinador abandonar o tom de cobranças pela chegada de novos reforços em um curto prazo, já visando a disputa do Campeonato Brasileiro a partir de maio. "Temos de ser honestos de dizer ao nosso torcedor que nosso grupo é de muitos jogadores jovens que querem uma oportunidade, mas que ainda não têm a experiência de outros times. Quando começar o Brasileiro, se nós fizermos um retrospecto de grupo, veremos sete ou oito equipes com muito melhores jogadores de grupo do que nós. Isso não é depreciar o meu time, é só dizer a verdade, o que custa para muitas vezes as pessoas acreditarem", alertou o comandante, para depois dizer que o time precisará da contratação de um ou dois nomes de peso. "Agora, com o trabalho bem elaborado, temos uma possibilidade razoável (de ter sucesso no Brasileirão). Com um ou dois jogadores com experiência e com a qualidade que a gente pode buscar, para acrescentar à equipe do Palmeiras, passa a ter a mesma condição desses seis ou sete times", finalizou. LUAN FESTEJA - E, se Felipão voltou a enfatizar a necessidade da chegada de reforços, o atacante Luan festejou o fato de ter brilhado com dois gols diante do Uberaba. "Foi uma vitória importante. Estou feliz por ter jogado bem em um campo difícil (prejudicado pela chuva) e ter ajudado o Palmeiras a se classificar", disse. "O Felipão me colocou por causa da chuva e deu certo. A oportunidade apareceu no momento certo e eu consegui marcar. O jogo foi bastante complicado, mas o time está de parabéns pela vitória", completou.
continua após publicidade