Esportes

Após empate, Atlético-MG celebra reação no 2º tempo

Da Redação ·

O empate com o Ipatinga por 2 a 2, no último domingo, fora de casa, não era o resultado esperado pelo Atlético Mineiro. No entanto, os jogadores e o técnico Dorival Júnior ressaltaram o poder de reação da equipe no segundo tempo do duelo, válido pela sexta rodada do Campeonato Mineiro, após irem para o intervalo sendo derrotados por 1 a 0.


"Depois de um primeiro tempo bem abaixo do que a equipe vinha apresentando, no segundo tempo o time se recuperou. Infelizmente, no momento em que empatamos, sofremos o segundo gol um minuto depois e tivemos novamente que correr atrás. Aí, tivemos o problema com o Berola, que praticamente nos tirou um atleta de dentro do campo", afirmou o treinador, lembrando a lesão do atacante, que precisou permanecer em campo, já que as três substituições haviam sido realizadas.


O volante Toró concordou com seu comandante e destacou a luta do Atlético-MG no segundo tempo. "Infelizmente, a vitória não aconteceu. Não fizemos um bom primeiro tempo, mas o importante foi a superação da equipe no segundo tempo. Sofremos dois gols, buscamos o empate, mandamos bola na trave e, infelizmente, a vitória não veio", afirmou.


Com o resultado, o Atlético caiu para a terceira colocação na classificação do Campeonato Mineiro, com 13 pontos em seis partidas. Na próxima rodada, a equipe recebe o Villa Nova, no próximo domingo, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

continua após publicidade