Esportes

Ponte surpreende e derruba invicto Corinthians

Da Redação ·
 Jogadores da Ponte Preta comemoram gol que tirou a invencibilidade do Corinthians
fonte: UOL/Fabio Braga/Folhapress
Jogadores da Ponte Preta comemoram gol que tirou a invencibilidade do Corinthians

A Ponte Preta surpreendeu nesta quarta-feira e derrubou o Corinthians, o último invicto do Campeonato Paulista. Jogando no Pacaembu, o time de Campinas venceu por 1 a 0, com gol de Everton Santos, e deixou o rival em situação ameaçadora na liderança da tabela.


Com o resultado, o Corinthians segue com 25 e mantém a liderança graças ao saldo de gols, um a mais que o vice-líder Santos (16 a 15). No entanto, o time do técnico Tite poderá perder a primeira colocação para o São Paulo, que joga nesta quinta-feira contra o Ituano, no Morumbi.


A Ponte Preta chegou a 24 pontos, apenas um atrás do líder, na quarta colocação. Não é a primeira vez que o time derruba o Corinthians. No ano passado, a Ponte encerrou uma série de 28 jogos invictos do Corinthians, somados os dois Campeonatos Paulistas anteriores. De quebra, o time chegou ao décimo jogo sem perder - nove no Paulistão e um na Copa do Brasil.


O JOGO - Jogando contra o líder do campeonato, fora de casa, a Ponte Preta naturalmente apostou na retranca. E reforçou a marcação sobre Liedson, um dos artilheiros do Paulistão.


Sem conseguir escapar da forte marcação, o Corinthians pouco criou na primeira etapa. As poucas investidas foram pela esquerda, principalmente com Morais, uma vez que Dentinho também foi bem marcado pelo lateral Guilherme.


No segundo tempo, a Ponte Preta resolveu sair da defesa, mas quase chegou ao primeiro gol graças a uma "pixotada" de Alessandro. Após cruzamento na área corintiana, o lateral tentou cortar e carimbou o travessão, quase marcando contra.


O susto se transformou em pesadelo aos 13. Depois de perder a bola no meio, Alessandro não conseguiu desarmar o ex-corintiano Everton Santos antes dele ajeitar e bater de fora da área, no canto de Julio Cesar. O goleiro ainda desviou a bola, mas sem conseguir evitar o gol da Ponte.


Preocupado com o resultado parcial, Tite tirou os dois laterais para as entradas de Ramírez e Willian. Apesar de ter tornado o time mais ofensivo, a mudança na postura tática não conseguiu passar pela forte marcação da Ponte Preta e impedir a primeira derrota do time neste Paulistão, a segunda de Tite no comando da equipe.


O Corinthians ainda teve uma grande chance de empatar nos acréscimos. No último lance do jogo, após levantamento na área, Leandro Castán ajeitou de cabeça e Dentinho, também de cabeça, acertou o travessão, com o goleiro já batido.


Na próxima rodada, o Corinthians visita o Mirassol, no domingo, às 16 horas, no José Maria de Campos Maia. Na véspera, também às 16 horas, a Ponte Preta recebe o Prudente, no Moisés Lucarelli.


Ficha Técnica:


Corinthians 0 x 1 Ponte Preta


Corinthians - Julio Cesar; Alessandro (Willian), Wallace, Leandro Castán, Fábio Santos (Luis Ramírez), Ralf, Paulinho, Morais (Edno), Bruno César, Dentinho e Liedson. Técnico: Tite.


Ponte Preta - Bruno, Guilherme, Leandro Silva, Ferron, João Paulo, Josimar, Mancuso (Gerson), Gil, Ricardinho (Tiago Luis), Márcio Diogo (Valber) e Everton Santos. Técnico: Gilson Kleina.


Gol - Everton Santos, aos 13 minutos do segundo tempo.


Cartões amarelos - Fabio Santos, Luis Ramírez (Corinthians); Ricardinho, Ferron, Leandro Silva, Mancuso (Ponte Preta).


Árbitro - Philippe Lombard.


Renda e público - Não disponíveis.


Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).

continua após publicidade