Esportes

Torcida pede paz no clássico 'Arapuca'

Da Redação ·
 Alexandro Correia  e Leandro Silva, presidentes das torcidas organizadas de Roma e Arapongas, se cumprimentam e pedem paz
fonte: Delair Garcia
Alexandro Correia e Leandro Silva, presidentes das torcidas organizadas de Roma e Arapongas, se cumprimentam e pedem paz

O apucaranense Leandro Marcelo da Silva, presidente da Torcida Organizada “Dragões do Norte”, e o araponguense Alexandro Correia, presidente-fundador da Torcida “Fúria Verde”, deixaram a rivalidade de lado em nome de uma causa maior. Os dois torcedores do Roma e do Arapongas, respectivamente, se encontraram no início da noite de ontem cujo o objetivo foi pedir paz entre os torcedores no clássico “Arapuca”, que vai ocorrer neste domingo, às 16 horas, no Estádio Bom Jesus da Lapa, em Apucarana.
 

continua após publicidade

Com o lema rivalidade sim, inimizade não, Leandro e Alexandro acreditam que Roma e Arapongas realizarão um grande jogo neste final de semana, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Paranaense da Primeira Divisão.
 

“A rivalidade tem que ficar somente dentro de campo e que vença o melhor. Os torcedores de Arapongas podem ficar tranquilos que eles serão bem recebidos em Apucarana”, destacou Leandro, que comanda a “Dragões do Norte” desde 2001.
 

continua após publicidade

“Conheço o Leandro e tenho certeza que seremos bem recebidos pela torcida do Roma no Estádio Bom Jesus da Lapa. O bom relacionamento entre as torcidas da região fortalece a amizade e faz resgatar o brilho do futebol do Norte do Paraná”, frisou Alexandro. Segundo ele, a “Fúria Verde” tem 120 integrantes e vem acompanhando o Arapongas desde a Divisão de Acesso do Paranaense de 2009.