Esportes

Coritiba vence o Atlético e conquista vaga na final

Da Redação ·
 Jogadores do Coritiba comemoram o gol de Jonas: time está invicto na temporada, com oito vitórias e três empates
fonte: Valquir Aureliano
Jogadores do Coritiba comemoram o gol de Jonas: time está invicto na temporada, com oito vitórias e três empates

O Coritiba é o primeiro finalista do Campeonato Paranaense 2011. O time alviverde venceu o Atlético, por 4 a 2, ontem à tarde no Couto Pereira, e sagrou-se campeão do 1º turno da competição, com uma rodada de antecedência. A 10ª rodada terminou com o Coxa líder, com 26 pontos, oito a mais que o Atlético, agora 3º colocado. O Operário está em 2º lugar, com 19 pontos.
Pelo regulamento, o campeão de cada turno garante vaga na final. Se o Coritiba vencer o 2º turno, fica com o título, sem a necessidade da decisão.
 

continua após publicidade

Após 11 jogos em 2011, o Coxa segue invicto. Além das sete vitórias e três empates no Paranaense, o time tem uma vitória na Copa do Brasil.
 

O primeiro tempo foi um baile. O Coxa ditou o ritmo. E o Atlético dançou.
 

continua após publicidade

No esquema tático 4-2-3-1, o Coritiba mostrou um time compacto, com os jogadores atacando e defendendo em bloco. Os três meias ofensivos (Davi, Marcos Aurélio e Rafinha) souberam se movimentar e confundir a marcação adversária.
 

O Atlético iniciou no 4-4-2. Os dois atacantes ficavam isolados na frente. No meio-campo, Paulo Baier e Madson não ajudavam na marcação e eram facilmente anulados pelo adversário. Apáticos, os dois volantes foram presa fácil para o Coxa. Para piorar, a defesa do time rubro-negro cometeu seguidas falhas de posicionamento.
 

Com esse cenário, o Coxa fez três gols em sete minutos. Aos 17, Marcos Aurélio lançou e Bill entrou livre para fazer 1 a 0. Foi o 6º gol dele na competição. Aos 22, Marcos Aurélio cobrou escanteio e Jonas cabeceou no alto: 2 a 0. O 3º foi aos 24. Eltinho avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de Davi, que tocou no canto.
 

continua após publicidade

Atordoado, o Atlético só começou a reagir no final do 1º tempo. Aos 46, Paulinho cruzou e Nieto cabeceou no canto, diminuindo para 3 a 1.

No intervalo, saiu Marcos Pimentel e entrou o meia Kleberson, que fez sua reestreia pelo Atlético. Fransérgio passou para a lateral-direita. O time rubro-negro voltou melhor na marcação e equilibrou o jogo. Aos dois minutos, Madson cobrou escanteio e Nieto cabeceou diminuindo para 3 a 2. Foi o 4º gol do argentino em 2011.
 

Aos 15, Héracles entrou para jogar como volante, no lugar de Vitor. Aos 21, Marcos Aurélio foi substituído por Marcos Paulo. Aos 25, Paulo Baier saiu machucado. Guerrón entrou.
 

O equilíbrio acabou aos 26, quando Rafinha cobrou escanteio e Davi, na 2ª trave, chutou para fazer 4 a 2. Aos 32, Guerrón foi expulso e liquidou o clássico. Nos minutos finais, o Coritiba trocou passes com facilidade e a torcida do Coritiba aproveitou para os gritos de “olé”.

continua após publicidade


PRINCIPAIS LANCES

Primeiro tempo
1 – Marcos Aurélio arrisca de fora da área. Rafael Santos corta dentro da área.
3 – Falta na intermediária. Léo Gago chuta forte. A bola passa muito perto, ao lado do gol.
6 – Leandro Donizete chuta Vitor, que estava caído no chão. Jogadores batem boca. O árbitro só observa.
8 – Falta na esquerda. A bola é rolada para Davi, fora da área. Ele gira e chuta no canto. Silvio segura.
15 – Bill chuta de fora da área. Silvio espalma mal, mas se recupera e segura.
16 – Falta frontal. Paulo Baier cobra no canto. Edson Bastos faz grande defesa, para escanteio.
17 – GOL DO CORITIBA. Marcos Aurélio lança. A defesa faz linha burra e Bill entra livre. Silvio escorrega e o atacante chuta no canto.
22 – GOL DO CORITIBA. Marcos Aurélio cobra escanteio na 1ª trave. Jonas aparece livre na pequena área e cabeceia no alto.
24 – GOL DO CORITIBA. Eltinho avança pela esquerda e cruza na 2ª trave. Davi cabeceia no canto.
30 – Paulinho cruza com perigo. Edson Bastos segura.
33 – Madson dribla um e chuta de fora da área. A bola vai ao lado.
35 – Fransérgio chuta de longe. A bola passa ao lado do gol.
46 – GOL DO ATLÉTICO. Paulinho cruza da esquerda. Nieto cabeceia no canto. Edson Bastos chega a espalmar, mas não evita o gol.
 

Segundo tempo

2 – GOL DO ATLÉTICO. Escanteio. Madson cruza na pequena área. Nieto sobe mais que Bill e cabeceia no canto.
4 – Falta frontal. Marcos Aurélio cobra no ângulo. Silvio espalma.
9 – Marcos Aurélio dá uma “caneta” em Vitor e chuta de fora da área. A bola vai ao lado do gol.
14 – Falta perto do bico da área. Paulo Baier tenta direto. A bola vai ao lado.
18 – Heracles lança para a área. Paulo Baier tenta alcançar, mas Edson Bastos sai bem.
19 – Jonas cruza com perigo. Silvio segura.
25 – Falta na meia-lua. Paulo Baier cobra para fora.
26 – GOL DO CORITIBA. Rafinha cobra escanteio. A bola atravessa a área e sobre no outro lado para Davi, que chuta forte, no canto.
29 – Lucas tabela fora da área e chuta ao lado do gol.
31 – Paulinho invade a área e cai depois de dividir com Jonas. O Atlético pede pênalti.
32 – Guerrón é expulso.
36 – Rafinha cobra escanteio. Pereira desvia para a 2ª trave. Bill chuta e Silvio faz boa defesa.
37 – Bill chuta da entrada da área. Silvio defende no canto.
 

CORITIBA 4 x 2 ATLÉTICO
Coritiba: Edson Bastos; Jonas, Pereira, Émerson e Eltinho; Leandro Donizete, Léo Gago (Tcheco), Rafinha, Marcos Aurélio (Marcos Paulo) e Davi (Anderson Aquino); Bill. Técnico: Marcelo Oliveira.
Atlético: Silvio; Marcos Pimentel (Kleberson), Manoel, Rafael Santos e Paulinho; Fransérgio, Vitor (Heracles), Paulo Baier e Madson; Lucas e Nieto. Técnico: Leandro Niehues
Gols: Bill (17-1º), Jonas (22-1º), Davi (24-1º e 26-2º) e Nieto (46-1º e 2-2º)
Expulsões: Guerrón (32-2º)
Cartões amarelos: Marcos Pimentel, Vitor, Nieto (A). Marcos Aurélio, Léo Gago, Emerson, Leandro Donizete, Pereira, Rafinha (C).
Árbitro: Héber Roberto Lopes
Público: 22.195 pagantes (24.704 total)
Renda: R$ 543.010,00
Local: Estádio Couto Pereira