Esportes

Ex-árbitro Godói é baleado em tentativa de assalto

Da Redação ·
  Oscar Roberto Godói, de 55 anos, teve um dos pulmões perfurado
fonte: terceirotempo.ig.com.br
Oscar Roberto Godói, de 55 anos, teve um dos pulmões perfurado

Os ex-árbitro de futebol, Oscar Roberto Godói, de 55 anos, foi baleado, por volta das 21h45 de ontem, durante uma tentativa de assalto ao estacionar o carro em frente ao número 531 da Rua Diana, no bairro da Pompeia, zona oeste de São Paulo.


Ocupando um Honda Civic preto, Godói, que iria jantar no apartamento de um colega, no Edifício Rio Palmeira, na mesma rua, teria sido abordado por apenas um criminoso. Uma testemunha disse a policiais militares do 23º Batalhão que Oscar Roberto chegou a lutar com o bandido, que atirou pelo menos três vezes, atingindo, em duas delas, o peito e o pescoço do ex-árbitro.


Investigadores do 23º Distrito Policial, de Perdizes, onde o caso será registrado, disseram que câmeras de um prédio vizinho teriam gravado as imagens da tentativa de assalto. Uma equipe de resgate encaminhou Godói para o Hospital das Clínicas (HC), onde ele foi sedado e passará por cirurgia. Viola, ex-atacante do Corinthians, e o locutor esportivo Nivaldo Prieto afirmaram que Oscar Roberto chegou consciente no hospital.


Segundo Marco Aurélio Cunha, o médico, vereador e dirigente do São Paulo Futebol Clube, não se sabe ainda se o tiro que atingiu o peito de Godói está alojado. Sabe-se sim que o projétil chegou a um dos pulmões. Uma drenagem torácica feita no paciente conseguiu controlar o sangramento. Já a bala que penetrou no pescoço de Godói estaria alojada.


O dirigente tricolor afirmou que será feita uma "cirurgia de exploração na região cervical" para se avaliar a gravidade dos ferimentos. Um grande hematoma se formou no rosto do ex-árbitro, pois o tiro teria lesionado a veia jugular. Foram feitas também no paciente uma endoscopia e uma angiotomografia. "O pior já passou, o quadro dele está controlado e acredito que o Godói vai sair dessa", disse Marco Aurélio.


Ao deixar o hospital, o apresentador esportivo Milton Neves elogiou o amigo. "O Godói é forte, destemido, macho e parada dura, não leva desaforo para casa. As informações sobre a recuperação dele são ótimas", disse.

continua após publicidade