Esportes

Com dores, Maikon Leite desfalcará Santos na sexta

Da Redação ·
Maikon Leite não treinou nesta quarta-feira e está fora do jogo contra o Noroeste, na sexta-feira, na reabertura da Vila Belmiro. O artilheiro do time, ao lado de Elano, com seis gols, sente dores, faz tratamento e, mesmo que seja liberado pelo departamento médico, será poupado no Paulistão. O técnico Adilson Batista já adiantou que pretende segurá-lo até a estreia do time na Copa Libertadores, terça-feira da próxima semana, diante do Deportivo Táchira, em San Cristóbal, na Venezuela. Maikon Leite sofreu uma pancada na coxa direita na partida contra o Santo André neste final de semana. O treino desta quarta só não foi secreto porque a torcida pôde assistir. A imprensa só teve acesso depois das 17h, quando o coletivo tinha acabado. Apesar da ausência de Maikon Leite, o treinador armou o time no esquema 4-3-3 para encaixar Zé Eduardo no time. Com a estreia de Arouca e a volta de Elano (suspenso na rodada passada), Adilson vai armar o meio de campo com Arouca, Adriano ou Possebon e Elano e escalar o ataque com Zé Eduardo, Keirrison e Diogo. Outro que perdeu o lugar na equipe foi o meia Robson. O time titular do coletivo desta quarta teve Rafael; Pará, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Possebon e Adriano; Zé Eduardo, Keirrison e Diogo. Na coletiva de imprensa, Adilson disse que recebeu importantes informações do auxiliar-técnico Marcelo Martelotte que assistiu a alguns jogos do Deportivo Táchira, mas disse que no momento tem que pensar no Noroeste. "Se perdermos o jogo vão dizer que estávamos com a cabeça na Libertadores. Mas, ele (Martelotte) filmou, tirou fotografias, fez observações e me passou muita coisa. Quem marca, como marca, quem faz gol", afirmou o comandante santista. Internamente, ele vem procurando controlar a ansiedade dos jogadores. Até titulares dizem que não sabem o que o treinador está pensando e se estão na lista. Adilson vai usar o prazo limite para divulgar a lista dos 25 inscritos na Conmebol para a fase de grupos. E dos 25, sete não viajam para a Venezuela. Paulo Henrique Ganso, Jonathan e Charles já estão fora da delegação. "Já tenho tudo na cabeça. Fiz a relação dos inscritos e dos viajam, mas só vamos divulgar depois", afirmou. O meia promete estar pronto para o segundo jogo da Libertadores, contra o Cerro Porteño, do Paraguai, dia 2 de março, na Vila Belmiro.
continua após publicidade