Esportes

Em busca de recorde, Fábio fica no Cruzeiro até 2016

Da Redação ·
O Cruzeiro anunciou nesta terça-feira a renovação do contrato do goleiro Fábio até 2016. Quando o contrato se encerrar, o jogador já terá 38 anos. O plano dele é então se aposentar e passar a atuar como dirigente ou na comissão técnica cruzeirense. O anúncio foi feito pelo presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, que convocou coletiva e a abriu com uma brincadeira: "O Fábio não quer mais ficar no Cruzeiro (pausa) depois de 2016 (risos)". Ele explicou: "Aí ele quer ser diretor. Então, nós renovamos por mais cinco anos, até maio de 2016. A torcida pode ficar tranquila". Na verdade Fábio renovou por quatro anos. O antigo acordo ia até maio de 2012 e passa a valer até o mesmo mês de 2016. Ele já pressionava o clube pela renovação. A assinatura do acordo acontece dois dias depois de o goleiro se tornar o segundo jogador da posição que mais atuou com a camisa celeste, ultrapassando Geraldo, com 369 jogos. Com mais cinco anos de contrato, Fábio poderá superar também Raul Plassmann, recordista com 557 partidas. "O vínculo do Fábio pode ultrapassar até o do Raul com o Cruzeiro, que hoje está trabalhando nas categorias de base do clube. E acho que é sonho do Fábio ficar em Belo Horizonte e, no futuro, fazer parte da comissão técnica com a gente. É um jogador que se identifica muito não só com a torcida, mas com os diretores também. Sabemos o carinho que ele tem com o clube, a dedicação dele nos treinamentos", destacou Perrella. Apesar da vontade de ficar com o goleiro até que ele se aposente, o Cruzeiro adquiriu mais uma parte de seus direitos econômicos. Fábio também receberá aumento salarial, o que eleva a sua multa contratual.
continua após publicidade