Esportes

Gol nos acréscimos dá empate ao Oeste ante Americana

Da Redação ·
O Americana foi surpreendido no último minuto, já nos acréscimos, e perdeu a chance de encostar na liderança do Campeonato Paulista. Mesmo jogando no estádio Decio Vitta, em Americana, o time da casa empatou com o Oeste por 1 a 1, em jogo válido pela sétima rodada. Charles marcou para os mandantes, enquanto que Anselmo Ramon anotou para os visitantes, aos 48 minutos do segundo tempo. Com o tropeço, o Americana continua na terceira posição, com 13 pontos. Caso vencesse, chegaria à vice-liderança, ultrapassando o Santos no número de vitórias. O Oeste fica na zona intermediária da tabela de classificação. Está na quinta posição, com 10 pontos. Mesmo jogando fora de casa, o Oeste começou melhor e criou a primeira chance de gol em finalização de Fábio Neves, que parou nas mãos de Jailson. No final do primeiro tempo, o time da casa cresceu e teve chances de abrir o placar com Marcinho e Fumagalli, este último acertando a trave em cobrança de falta. O time da casa voltou melhor dos vestiários e acertou a trave novamente em cabeçada de Charles. Depois de tanto pressionar, o Americana abriu o placar. Aos 23 minutos, Charles recebeu lançamento de Fumagalli e bateu firme, por entre as pernas do goleiro Fábio. No último lance da partida, o Oeste resolveu aprontar. Aos 48 minutos, Mazinho levantou a bola para a área. Cris desviou de cabeça e Anselmo Ramon apareceu livre na segunda trave para colocar a bola no fundo das redes. Pela oitava rodada, o Americana volta a campo no próximo sábado contra o Palmeiras, às 19h30, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. No mesmo horário, porém no dia seguinte, o Oeste recebe o Mogi Mirim, no estádio dos Amaros, em Itápolis. Ficha técnica Americana 1 x 1 Oeste Americana - Jailson; Jorge Luiz, Júlio César e Hélton; Luís Felipe, Gercimar, Léo Silva, Fumagalli (Jackson) e Rafael Chorão (Magal); Charles (Cássio) e Marcinho. Técnico: Edinho Nazareth. Oeste - Fábio; Cris, Paulo Miranda e Adriano Alves; Dedê Márcio Passos (Léo Salino), Dionísio, Roger (Reinaldo) e Fernandinho; Anselmo Ramon e Fábio Neves (Mazinho). Técnico: Nenê Belarmino. Gols - Charles, aos 23, e Anselmo Ramon, aos 48 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Jorge Luiz, Cássio e Júlio César (Americana); Léo Salino e Paulo Miranda (Oeste). Árbitro - Camilo Morais Zarpelão. Renda - R$ 23.685,00. Público - 754 pagantes. Local - Estádio Décio Vitta, em Americana (SP).
continua após publicidade