Esportes

Santos tenta retomar a liderança no Paulista

Da Redação ·
 Com Maikon Leite, Santos tem melhor ataque da competição
fonte: Wagner Carmo/Gazeta Press
Com Maikon Leite, Santos tem melhor ataque da competição

Melhor ataque do Campeonato Paulista, com 18 gols, o Santos entra em campo diante do Santo André, neste sábado (5), às 19h30 (horário de Brasília), buscando recuperar a liderança da competição, perdida para o Palmeiras, na última rodada.

continua após publicidade

Com 14 pontos, o Peixe ocupa o segundo lugar e está a dois do líder Verdão. Portanto, uma vitória pode recolocar o time da Vila Belmiro na frente na tabela de classificação, antes do clássico em que os palmeirenses irão enfrentar o Corinthians, domingo (6), também no Pacaembu.

continua após publicidade

Mas para que isso aconteça, os santistas terão que superar mais uma vez a série de desfalques no seu elenco. Sem Danilo, Alex Sandro, Alan Patrick e Neymar, que estão servindo a seleção brasileira no Campeonato Sul-Americano sub-20, no Peru, o técnico Adilson Batista também não poderá contar com o goleiro Rafael e o meia Elano. O arqueiro foi expulso e o meio-campista recebeu o terceiro cartão amarelo no empate com a Ponte Preta, na última quarta-feira (2).

continua após publicidade

Além desses problemas, o treinador alvinegro também não terá o zagueiro Edu Dracena e o volante Adriano, em tratamento de lesões. O mesmo acontece com o lateral-direito Jonathan e o volante Arouca, que seguem vetados pelo departamento médico do clube.

Com tantos desfalques, Adilson tem algumas dúvidas com relação ao time que irá mandar a campo contra os andreenses. O jovem Vladimir deve levar a melhor sobre Aranha, que ainda se recupera de lesão no tendão de uma da suas mãos, e ser o dono da camisa 1 contra o Santo André.

continua após publicidade

Na zaga, sem Dracena, o comandante deve escolher Bruno Rodrigo ou Bruno Aguiar para formar dupla com Durval, já que Léo está recuperado de dores musculares e confirmado na lateral esquerda, com Pará na ala direita. No meio-campo, Anderson Carvalho e Rodrigo Possebon serão os volantes novamente, com Róbson na meia. Felipe Anderson pode ser escalado na meia, porém, o Santos também pode atuar com três atacantes.

continua após publicidade

Se por um lado Adilson Batista terá tantos desfalques, por outro Maikon Leite, artilheiro do Paulistão ao lado de Elano, com seis gols, é o grande trunfo da equipe para ganhar do Ramalhão.

continua após publicidade

- Não sou um goleador, mas a bola está sobrando para mim e estou fazendo os gols, ajudando meus companheiros. O ano passado inteiro fiz apenas cinco gols. Só neste começo de ano foram seis. Estou vivendo um momento especial e espero que continue assim.

Enquanto o Peixe quer vencer para voltar à liderança do Estadual, o Santo André – que perdeu o título paulista do ano passado para os santistas – quer espantar a má fase e conquistar a sua primeira vitória no torneio. Isto porque, com apenas cinco pontos (cinco empates e uma derrota), os andreenses ocupam apenas a 17° posição do campeonato.

continua após publicidade

Para buscar essa reação, o técnico Pintado deverá ter equipe completa para enfrentar o Alvinegro Praiano. Sem problemas de suspensão, o Ramalhão ainda poderá contar com um importante reforço neste duelo: o atacante Rychely.

continua após publicidade

Rychely, artilheiro do Santo André no Paulista, com dois gols, está de volta ao clube após ver a sua possível transferência para o futebol europeu frustrada, e deve levar a melhor sobre Célio Codó, formando dupla de ataque ao lado de Nunes.

SANTO ANDRÉ X SANTOS

Local: Estádio Municipal do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 5 de fevereiro de 2011, sábado
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Aurélio Sant’anna Martins
Assistentes: Reinaldo Rodrigues dos Santos e Osny Antonio Silveira

SANTO ANDRÉ: Neneca; Sandoval, Marcelo Godrid e Anderson; Iran, Alex Silva, Jean Fellipe, Aloísio e João Paulo; Rychely (Célio Codó) e Nunes
Técnico: Pintado

SANTOS: Vladimir (Aranha); Pará, Bruno Rodrigo (Bruno Aguiar), Durval e Léo; Anderson Carvalho, Rodrigo Possebon, Róbson e Felipe Anderson (Zé Eduardo ou Diogo); Maikon Leite e Keirrison
Técnico: Adilson Batista