Esportes

Grêmio bate Liverpool e avança na Copa Libertadores

Da Redação ·
 Time gaúcho começou perdendo em Porto Alegre, mas conseguiu a virada
fonte: Roberto Vinícius/Gazeta Press
Time gaúcho começou perdendo em Porto Alegre, mas conseguiu a virada

O Grêmio venceu o Liverpool por 3 a 1 nesta quarta-feira, no Olímpico, e garantiu sua classificação para a fase de grupos da Copa Libertadores. O clube gaúcho vai participar do Grupo 2, com o Júnior Barranquilla, da Colômbia, o Oriente Petrolero, da Bolívia, e o León de Huánuco, do Peru. No primeiro tempo o Liverpool surpreendeu os 34 mil torcedores que foram ao Olímpico esperando uma vitória fácil. O time uruguaio armou uma correria e partiu para o ataque, enquanto o brasileiro demonstrava nervosismo e errava passes. Os visitantes chegaram a assustar os tricolores abrindo o placar aos 34 minutos, numa jogada coletiva finalizada por Alfaro. A resposta do Grêmio foi rápida. Aos 38 minutos Fábio Rochemback cobrou falta lançando a bola na área, onde André Lima subiu mais que os zagueiros e empatou, de cabeça. O jogo continuou equilibrado até os dez minutos do segundo tempo, quando Acosta foi expulso por entrada violenta em André Lima. Mesmo que ainda demonstrasse muita disposição, o Liverpool passou a ceder espaços e o Grêmio aproveitou. Aos 12 minutos, Rochemback avançou da intermediária até a área adversária, onde entregou a bola para Vinícius Pacheco marcar o gol da virada. Aos 28 minutos, o mesmo Vinícius Pacheco acertou um chute de fora da área no canto de Castro e ampliou. Com a vantagem que lhe garantia a classificação assegurada, o Grêmio tratou de controlar o jogo até o final, diante de um adversário que já sentia o cansaço e não tinha mais forças para uma reação. Ficha Técnica: Grêmio 3 x 1 Liverpool-URU Grêmio - Victor; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Bruno Collaço; Adílson (Vinícius Pacheco), Fábio Rochemback, Douglas e Lúcio; Júnior Viçosa (Lins) e André Lima (Diego Clementino). Técnico: Renato Gaúcho. Liverpool - Matías Castro; Souza Motta, Juan Alvez, Martín Bonjour, Hugo Souza e Maximiliano Montero (Hernán Figueredo); Carlos Macchi (Renzo Pozzi), Mauricio Felipe (Johnatan Blanes) e Michel Acosta; Maureen Franco e Emiliano Alfaro. Técnico: Eduardo Favaro. Gols - Alfaro, aos 34, e André Lima, aos 38 minutos do primeiro tempo. Vinícius Pacheco, aos 12 e aos 28 minutos do segundo tempo. Cartões amarelos - Júnior Viçosa (Grêmio); Juan Alvez e Martin Bonjour (Liverpool). Cartão vermelho - Michel Acosta (Liverpool). Árbitro - Sergio Pezzotta (Fifa-ARG). Renda - R$ 857.750,00. Público - 31.426 pagantes (34.681 no total). Local - Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS).

continua após publicidade