Esportes

Invicto em casa, Roma pega hoje o motivado Operário

Da Redação ·
 Daniel Marques faz a sua segunda partida no Paranaense 2011, substituindo o titular Cassiano
fonte: Sérgio Rodrigo
Daniel Marques faz a sua segunda partida no Paranaense 2011, substituindo o titular Cassiano

Invicto no Estádio Bom Jesus da Lapa desde o mês de junho de 2009, quando ainda disputava a Divisão de Acesso, o Roma Esporte Apucarana tenta se reabilitar hoje, às 20h30, em casa, frente ao Operário, de Ponta Grossa, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Paranaense da Série Ouro.

continua após publicidade


Vindo de derrota por 4 a 2 para o Atlético em Curitiba, o Roma quer mostrar a sua força jogando em seus domínios, pois necessita dos três pontos para se aproximar dos líderes.


Somando duelos pela Divisão de Acesso de 2009 e 2010, jogos-treinos, amistosos e partidas pela Série Ouro deste ano, o time de Apucarana está invicto em casa há 19 jogos, com 15 vitórias e quatro empates.

continua após publicidade


Outra curiosidade é que depois que a iluminação do “Bom Jesus” foi inaugurada no dia 9 de julho de 2009, o Roma ainda não sentiu o gosto da derrota atuando à noite em casa. Foram dez jogos, com oito vitórias e apenas dois empates.


Para a partida nesta quarta, o técnico Richard Malka, do Roma, não poderá contar com o lateral-direito Cassiano, que foi vetado pelo departamento médico do clube. O jogador sofreu uma torção no tornozelo direito na derrota para o Atlético. Com isso, o experiente Daniel Marques será o titular diante do Operário, atuando no setor defensivo ao lado de Robenval, Juninho e Rogerinho.


Spada será o goleiro, com Eurico, Doriva, Alex e Lira no meio-de-campo. Paulo Sérgio e Warley atuam no ataque. Além de Cassiano, outra baixa do Roma para partida de hoje é a do atacante Fábio, artilheiro da Divisão de Acesso de 2010, com 17 gols. O atleta terá que se recuperar de uma contratura muscular na coxa direita.


Jarbe Cassou apita o confronto, sendo auxiliado por Ricardo Vilar Neves e César da Silva Nogueira.