Esportes

São Paulo diz que contratou Rivaldo no escuro

Da Redação ·

A diretoria do São Paulo insiste em dizer que a contratação de Rivaldo deve-se mais à performance do jogador do que aos benefícios de marketing que ele pode trazer. No entanto, o Tricolor admite que não estava acompanhando o desempenho do jogador recentemente, quando ele estava no Bunyodkor, do Uzbequistão. O diretor de futebol do clube, João Paulo de Jesus Lopes, afirmou ao portal R7 que não sabe exatamente quanto o meia ainda pode render.

continua após publicidade

- Não tinha ninguém acompanhando diretamente [o Rivaldo]. Ninguém viu, até porque ele estava jogando no Uzbequistão e, infelizmente, ainda não temos representante lá.

continua após publicidade

O único que viu Rivaldo atuar em alto nível nos últimos tempos foi Felipão, que treinou o meia no exterior. Contudo, o técnico vetou a ida do jogador ao Palmeiras. Jesus Lopes disse que isso não o preocupa e que confia nas fontes consultadas antes de fechar o negócio com o presidente do Mogi Mirim.

continua após publicidade

- Nós só começamos a nos interessar pelo Rivaldo a partir do momento em que houve uma grande repercussão. Nós tínhamos contato com alguns jogadores que conviveram com ele, que o viram jogando e nós nos decidimos em função dessas opiniões.

O dirigente negou que a contratação seja arriscada. De acordo com ele, o passado do atleta conta a seu favor. O fato de o nome de Rivaldo nunca ter sido exposto em notícias sobre baladas e o notório hábito caseiro do jogador favorecem para que o São Paulo deposite confiança em seu futebol.

continua após publicidade

- O Rivaldo tem uma retrospectiva, é um jogador que se cuida. E toda contratação envolve risco. Estamos cansados de ver jogadores que têm uma expectativa positiva não darem certo e o contrário também. Acredito que é o que acontecerá com o Rivaldo.  

A apresentação de Rivaldo ainda não foi marcada e não existe uma data prevista para acontecer. A diretoria está aguardando a documentação ser regularizada. Além disso, é preciso ser feito um registro do Mogi junto à FPF (Federação Paulista de Futebol), para depois ser feita a transferência ao São Paulo.