Esportes

Jogadores do São Paulo dão vitória ao Brasil no sub-20

Da Redação ·
A equipe brasileira conseguiu seu sexto ponto no Grupo B do torneio,
fonte: Google - imagem ilustrativa
A equipe brasileira conseguiu seu sexto ponto no Grupo B do torneio,

Com atuação decisiva de jogadores do São Paulo, o Brasil conseguiu a segunda vitória no Sul-Americano sub-20. Com gols de Casemiro e Willian José, recém contratado pelo Tricolor, a seleção brasileira fez 3 a 1 na Colômbia, na madrugada desta sexta-feira (21). Neymar completou o marcador enquanto Cardona descontou de pênalti.

continua após publicidade

Com esse resultado, a equipe brasileira conseguiu seu sexto ponto no Grupo B do torneio, seguido do Paraguai, com três, Colômbia e Equador com um e Bolívia sem nenhum.

continua após publicidade

O Brasil não encontrou a mesma facilidade da estréia. Jogando em contra-ataques, a Colômbia pressionou em alguns momentos e por pouco não empatou a partida.

continua após publicidade

Na próxima rodada, o Brasil enfrenta a Bolívia enquanto a Colômbia descansa. Completa a rodada de domingo (23) a partida entre Paraguai e Equador.

Sem poder contar com o volante Zé Eduardo e com o atacante Henrique, expulsos contra o Paraguai, Ney Franco não fez surpresa e escalou a equipe que treinou na quarta, com Fernando e Diego Maurício em seus lugares. Já o meia Oscar, mal na estreia, deu lugar ao atacante Willian José.

continua após publicidade

A primeira chance do Brasil, mais presente no campo de ataque desde os primeiros movimentos, aconteceu pouco antes dos 20 min. Cercado por adversários, o são-paulino Lucas arriscou da entrada da área e exigiu uma boa defesa do goleiro Mosquera.

continua após publicidade

A Colômbia dificultava os brasileiros com uma incansável marcação sob pressão, o que deixava o jogo truncado. Aos 23, em cobrança de falta próxima ao bico esquerdo da área, Cardona bateu direito e acertou o travessão. Gabriel ainda conseguiu desviar com a ponta dos dedos.

continua após publicidade

Com Neymar bem marcado, o Brasil criava pouco e teve sua grande chance aos 38 min. Em contra-ataque, Lucas deixou Diego Maurício na cara do gol, mas o flamenguista não aproveitou a liberdade dada pelos defensores e bateu por cima da meta, perdendo a chance.

No segundo tempo, logo aos quatro minutos, o talento verde-amarelo quase furou o bloqueio. Em jogada completamente são-paulina, Willian José arriscou de longe e carimbou a trave. Na sobra, Lucas tocou de calcanhar para Casemiro, que ficou em ótimas condições mas bateu para fora.

continua após publicidade

A melhora era nítida. Tanto que o placar foi aberto logo aos dez minutos, quando Diego Maurício foi ao fundo pela direita e cruzou na medida para o volante Casemiro, novamente posicionado como atacante, testar para o fundo das redes.

continua após publicidade

O gol animou o Brasil, que ampliou em mais uma jogada Tricolor. Aos 17 min, Lucas foi ao fundo pela direita e deu um presente a Willian José, que só empurrou. A partida, porém, não ficou tranquila: dois minutos depois, Bruno Uvini, também do São Paulo, fez pênalti que Cardona converteu.

continua após publicidade

O gol deu sobrevida à Colômbia, que foi ao ataque e tentou impor uma pressão aos brasileiros. Porém, os comandados de Eduardo Lara pararam na defesa brasileira, que se acertou na etapa complementar. Para completar, aos 41 min, Willian José recebeu em contra-ataque e encontrou o iluminado Neymar. Em um dos poucos momentos em que a marcação afrouxou, ele invadiu a área pela esquerda e bateu com muita força, fez seu quinto no torneio e decretou o placar final.

FICHA TÉCNICA
BRASIL 3 x 1 COLÔMBIA

Local: Estádio Jorge Basadre, em Tacna (Peru)
Data: 21 de janeiro de 2010, sexta-feira
Horário: 0h10 (de Brasília)
Árbitro: Dario Ubriaco (URU)
Assistentes: Miguel Nievas (URU) e César Escano (PER)
Cartões Amarelos: Franco, Cabezas e Cardona (Colômbia); Juan e Casemiro (Brasil)

Gols:
BRASIL: Casemiro, aos dez, Willian José, aos 17, e Neymar, aos 41 minutos do segundo tempo.
COLÔMBIA: Cardona, de pênalti, aos 19 minutos do segundo tempo

COLÔMBIA: Mosquera; Arias, Franco, Saiz e Viáfara; Cabezas, Miguel (Mendoza), Cardona (Ortega) e Calle; Castillo e Escobar.
Técnico: Eduardo Lara

BRASIL: Gabriel; Danilo (Galhardo), Bruno Uvini, Juan, Alex Sandro; Casemiro (Oscar), Fernando e Lucas; Neymar, Willian José e Diego Maurício (Alan Patrick).
Técnico: Ney Franco