Esportes

Grêmio desiste de contratar Ronaldinho Gaúcho

Da Redação ·
Ronaldinho Gaúcho
fonte: Google Imagens
Ronaldinho Gaúcho

Pela segunda vez na carreira, Ronaldinho Gaúcho manchou seu nome no Grêmio. Ao menos foi isso o que deixou claro o presidente gremista Paulo Odone. Com o iminente acerto do astro do Milan (ITA) com o Flamengo, o mandatário encerrou a negociação tricolor e disparou contra o meia e seu irmão, Assis, que também é empresário do atleta.

continua após publicidade

- Encerrei as negociações e comuniquei isso ao Assis. O Ronaldinho pode fazer o leilão que quiser. Sugiro que procure o Corinthians também. Não foi isso o que acertamos. Esse assunto no Grêmio está encerrado.

continua após publicidade

De acordo com Paulo Odone, Assis prometeu que iria sexta-feira (7) a Porto Alegre com Ronaldinho Gaúcho para assinar contrato com o clube que o revelou. No entanto, à noite surgiu a informação de que o destino do astro deveria ser o Flamengo.

continua após publicidade

- Sexta-feira eles vinham para Porto Alegre assinar o contrato. Por isso as caixas de som no Olímpico. Mas à noite surgiu mais uma novidade, que o Milan estaria negociando com o Flamengo, via Traffic [empresa de marketing esportivo parceira do Flamengo]. Achei que o assunto passou dos limites e o torcedor do Grêmio não merecia esse sacrifício.

Paulo Odone revelou que há dois meses as partes iniciaram as conversas e que Assis chegou a comemorar, diante de toda a diretoria gremista, o acerto com o Tricolor gaúcho, gerando ainda mais revolta entre os dirigentes.

continua após publicidade

- Há dois meses o Assis nos procurou e manifestou o desejo de o Ronaldinho ir para o Grêmio. No dia 19 de dezembro tivemos um jantar, nos sentamos com o Assis à noite toda e discutimos detalhes do contrato. Com tudo anotado, o Assis puxou o brinde e disse que o acordo estava fechado com o Grêmio. Porém, depois disso as coisas mudaram. Iríamos indenizar o Milan, mas agora surgiu outra multa rescisória.

continua após publicidade

O presidente gremista acredita que Ronaldinho Gaúcho manchou de vez sua imagem com o Grêmio. Isso porque em 2001 o meia deixou o clube de forma nada amistosa, forçando sua saída para o PSG (FRA), algo que a torcida nunca perdoou.

- O Assis me disse que ele queria morar em Porto Alegre e jogar no Grêmio, que é o time do coração dele; nos sensibilizamos e o aceitaríamos mesmo com as mágoas do passado. Ele queria se redimir e apagar o passado. Ao todo o contrato teve sete versões, porque o Assis sempre pedia mudanças.



Neste sábado (8), a diretoria do Flamengo se reuniu com Adriano Galiani, vice do Milan (ITA), e praticamente fechou a contratação do meia. O Palmeiras, outro interessado, até o momento não se manifestou sobre o provável desfecho do caso.