Esportes

Ryan Lochte quebra mais um recorde mundial em Dubai

Da Redação ·
Ryan Lochte quebrou mais um recorde mundial em Dubai. Nesta sexta-feira, no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros), o nadador norte-americano venceu a prova dos 200 metros medley ao completá-la com o tempo de 1min50s08. O recorde anterior era do sul-africano Darian Towneshed, obtido em 2009, com 1min51s55. Este foi o segundo recorde mundial obtido por Lochte em dois dias. Na quinta-feira, o nadador norte-americano bateu a marca dos 400 metros medley. Assim, ele é o único atleta a quebrar recordes mundiais individuais na natação neste ano, quando foi proibido o uso dos maiôs tecnológicos. Lochte dominou completamente a disputa dos 200 metros medley, com uma vantagem de mais de 2 segundos para os outros adversários. O austríaco Markus Rogan (1min52s90) e o norte-americano Clary Scott (1min53s56) completaram o pódio. Já o brasileiro Henrique Rodrigues chegou a ocupar a terceira colocação, mas terminou em quarto lugar, com o tempo de 1min54s20. A equipe chinesa foi campeã no revezamento 4x200 metros medley e quebrou o recorde do campeonato, com o tempo de 3min48s29. Na prova, o Brasil, que competiu com Fabíola Molina, Tatiane Sakemi, Daniele de Jesus e Tatiana Lemos Barbosa, terminou na oitava colocação, com 3min59s45. O brasileiro Guilherme Guido garantiu presença na final dos 50 metros costas ao ser o quinto mais rápido das semifinais, com o tempo de 23s53. O russo Stanilas Donets avançou em primeiro lugar e bateu o recorde do campeonato, com 23s02. Já Nicholas Santos se classificou para a final dos 50 metros borboleta em segundo lugar, com o tempo de 22s64. Ele só ficou atrás do alemão Steffen Deibler, que bateu o recorde do campeonato, com 22s57. E Glauber Silva avançou em sétimo, com 22s93. A holandesa Ranomi Kromowidjojo foi campeã dos 100 metros livre com o tempo de 51s45, que é o novo recorde do campeonato. A sueca Therese Alshammmar confirmou o seu favoritismo e faturou o ouro nos 50 metros borboleta, além de ter batido o próprio recorde do campeonato, com 24s87. A francesa Alexianne Castel ficou com a medalha de ouro nos 200 metros costas, a japonesa Naoya Tomita foi campeã dos 200 metros peito, o alemão Paul Biedermann venceu os 400 metros livre e a norte-americana Arianna Kukors ganhou os 100 metros medley. Nas semifinais, a norte-americana Rebecca Soni bateu o recorde do campeonato nos 100 metros peito, com 1min04s17.
continua após publicidade