Esportes

Ferrari promete condições iguais para Massa e Alonso

Da Redação ·
 Felipe Massa
fonte: Divulgação
Felipe Massa

O presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, garantiu nesta quinta-feira que os dois pilotos da equipe terão condições iguais durante a disputa da próxima temporada da Fórmula 1. Com isso, ele descarta um eventual favorecimento ao espanhol Fernando Alonso em detrimento do brasileiro Felipe Massa, como se especulava que fosse acontecer em 2011.


No campeonato deste ano, logo em sua primeira temporada na Ferrari, Alonso disputou o título até a última etapa do calendário, mas acabou sendo o vice-campeão, atrás do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull. Enquanto isso, Massa teve uma performance apagada, conseguindo apenas a sexta colocação no Mundial de Pilotos e decepcionando os torcedores da Ferrari.


Diante disso, havia uma expectativa no mundo da Fórmula 1 de uma eventual preferência para Alonso dentro da equipe italiana. Mas Montezemolo tratou de negar essa hipótese. "Não quero ter uma pessoa na escuderia que esteja frustrada desde a primeira corrida porque ela sabe que tem menos poder. As corridas são imprevisíveis", explicou o presidente da Ferrari.


"Penso que se um de meus pilotos não estiver em condições de vencer o campeonato, tenho que trocá-lo. Quero dois pilotos em condição de vencer", avisou Montezemolo. Ele ressaltou, porém, que os interesses da equipe estão em primeiro plano, o que pode eventualmente provocar, já na segunda metade da temporada, um favorecimento para quem estiver melhor colocado.


"Na segunda metade da temporada, nós temos que estar preparados para tudo, mas na primeira parte o interesse da equipe é deixar os dois pilotos nas melhores condições", disse Montezemolo, que ainda defendeu a manobra da Ferrari no GP da Alemanha deste ano, quando Massa abriu passagem para Alonso conseguir a vitória - a equipe foi multada em US$ 100 mil pela atitude.

continua após publicidade