Esportes

Muricy revela que sonhou com Telê antes do título

Da Redação ·
Discípulo de Telê Santana, o técnico Muricy Ramalho revelou que sonhou com o seu mestre na madrugada de ontem (5), que antecedeu o título brasileiro do Fluminense
fonte: globoesporte.globo.com
Discípulo de Telê Santana, o técnico Muricy Ramalho revelou que sonhou com o seu mestre na madrugada de ontem (5), que antecedeu o título brasileiro do Fluminense

Discípulo de Telê Santana, o técnico Muricy Ramalho revelou que sonhou com o seu mestre na madrugada de ontem (5), que antecedeu o título brasileiro do Fluminense. Emocionado, ele contou que Telê estava sorridente no sonho e comentou que sentiu um bom presságio após acordar.

continua após publicidade

"Isto eu preciso contar para vocês. Esta noite eu sonhei com o Telê, que dei um abraço nele e ele estava visivelmente contente. Eu senti o abraço dele, senti que ele estava feliz", comentou o treinador, após a vitória sobre o Guarani por 1 a 0. "Acordei feliz, porque ele representa muita coisa. É um cara vencedor, um exemplo de conduta".

continua após publicidade

Quando questionado se o Fluminense teria o estilo de Telê, Muricy negou. Para ele, o atual campeão brasileiro se destaca pela raça, e não pela técnica. "O time não tem a cara do Telê. O dele era mais técnico, tinha mais toque de bola. O nosso é um time de guerreiros", avaliou.

continua após publicidade

Muricy enalteceu ainda o elenco do Fluminense e garantiu que a determinação no trabalho foi decisiva para o título. "As pessoas compraram a ideia do trabalho, que precisa ser no dia-a-dia. É nisto que acredito. O mais legal foi o ambiente nosso, muito agradável, ninguém reclamava de nada. O trabalho venceu mais uma vez", enalteceu o treinador.

"Os jogadores precisam acreditar no técnico. Quem faz a diferença é o jogador, o treinador precisa apenas interferir de vez em quando", acrescentou Muricy. "Não importa o nome do jogador, mas as atitudes. Se o atleta percebe que você tem preferência, não dá certo. A estrutura ajuda, mas o que ganha dentro do campo é o homem".

continua após publicidade

Apesar da conquista, o treinador procurou frear o entusiasmo. Sua maior preocupação é a Copa Libertadores do próximo ano. "Se o Fluminense pensar que só isto está bom, não funciona. Precisa melhorar em um monte de coisas, estamos em um grupo terrível na Libertadores, podemos ser desclassificados se não estivermos atentos. Hoje (domingo) estou entusiasmado com o título, mas logo já estarei alerta", prometeu Muricy.