Esportes

Rival de Anderson Silva tem pena por doping reduzida

Da Redação ·
 Sonnen dominou os quatro primeiros rounds, mas acabou finalizado
fonte: Divulgação/UFC
Sonnen dominou os quatro primeiros rounds, mas acabou finalizado

A Comissão Atlética da Califórnia aprovou na noite da última quinta-feira (2) a redução da suspensão por doping de Chael Sonnen de 12 para seis meses. O lutador foi flagrado no exame após o combate contra Anderson Silva, no UFC 117, no dia 7 de agosto.

continua após publicidade

Na ocasião, Sonnen testou positivo no exame e apresentou níveis elevados de testosterona em seu sangue. O hormônio, que também é usado para o aumento da performance de atletas, estava quase três vezes maior do que o considerado normal.

continua após publicidade

A defesa alega que o atleta tem hipogonadismo, um defeito no sistema reprodutor que resulta na diminuição da função das gônadas. Mas, apesar da insistência dos advogados, a multa ao lutador foi mantida em US$ 2.500.

No dia 7 agosto, Chael Sonnen e Anderson Silva lutaram pelo título dos médios (84 kg) do UFC. O americano dominou os quatro primeiros rounds, mas foi finalizado por um triângulo quando faltavam apenas dois minutos de combate.