Esportes

Jogador Neymar admite interesse de 5 clubes

Da Redação ·
 O Santos vai precisar lutar muito se quiser segurar Neymar; segundo o craque, cinco clubes da Europa estão interessados na sua contratação
fonte: Ricardo Saibun/Gazeta Press
O Santos vai precisar lutar muito se quiser segurar Neymar; segundo o craque, cinco clubes da Europa estão interessados na sua contratação

Cinco grandes clubes da Europa estão interessados em Neymar. Quem confirma é o próprio jogador que, em uma entrevista ao jornal italiano La Gazzeta dello Sport, revela os times e ainda diz ter preferência por jogar pela Juventus, da Itália.

continua após publicidade

- Tem cinco clubes interessados na minha contratação: Chelsea [Inglaterra], Real Madrid [Espanha], Manchester United [Inglaterra], Inter de Milão [Itália] e Juventus [Itália]. A proposta que mais me agrada é da Juventus. É um time que tem grande apelo internacional. Digo sem problemas: vestiria com muito prazer a camisa da Juventus.

continua após publicidade

Chelsea, no meio do ano, mas aceitou a proposta do Santos para sua permanência. Agora, porém, o jovem atacante diz que pode deixar o Brasil já em janeiro.

continua após publicidade

- Os dirigentes do meu clube responderam a todos que não estou à venda. Eu, porém, não penso do mesmo jeito. Este pode ser o momento certo para jogar na Europa.

Se a Juventus realmente decidir investir no craque, terá que desembolsar aproximadamente R$ 100 milhões, valor da multa rescisória. Empenhado com a seleção brasileira para o amistoso desta quarta-feira (17) contra a Argentina, em Doha, no Qatar, Neymar afirmou uma afeição pela Inter de Milão, mas não tira a Juventus da cabeça.

continua após publicidade

- É o clube [a Inter] onde jogou o Fenômeno. Ronaldo é um dos meus ídolos e a Inter tem prestígio. Mas, que ninguém se ofenda, a Juventus me agrada mais.

Caso acerte com a Juventus, Neymar irá se juntar aos brasileiros Felipe Melo e Amauri. Porém, o último santista que passou pelo clube não teve sucesso. O meia Diego ficou apenas uma temporada e, sem espaço com o técnico Luigi Delneri, se transferiu para o Wolfsburg, da Alemanha.