Esportes

Palmeiras vence Atlético-MG e avança na Sul-Americana

Da Redação ·
 O Palmeira segue firme rumo ao título da Sul-Americana
fonte: Arquivo
O Palmeira segue firme rumo ao título da Sul-Americana

O Palmeiras sofreu na noite desta quarta-feira, mas conseguiu obter a vaga na semifinal da Copa Sul-Americana. O time paulista derrotou os reservas do Atlético Mineiro, por 2 a 0, no Pacaembu, depois de um empate por 1 a 1, no jogo de ida. Seu próximo adversário sairá do confronto entre Avaí e Goiás, que entrarão em campo nesta quinta, na Ressacada, em Florianópolis.

continua após publicidade

O jogo desta quarta registrou um tumulto devido à desorganização na entrada dos torcedores no Pacaembu. Muitos palmeirenses que compraram ingressos para a numerada não conseguiram entrar no horário por causa da superlotação. Em contrapartida, as arquibancadas registraram alguns espaços vazios. Mais de 35 mil comparecem ao estádio, recorde do Palmeiras na temporada.

continua após publicidade

Os torcedores que conseguiram entrar aguardaram com ansiedade para ver Valdívia, que estava completamente recuperado das dores na fibrose da coxa esquerda, de acordo com o departamento médico do Palmeiras. Mas o chileno só aguentou 15 minutos em campo antes de sentir uma fisgada e ser substituído por Lincoln.

continua após publicidade

No primeiro jogo contra o Atlético-MG, no empate por 1 a 1, Valdívia aguentou apenas 18 minutos em Minas. A nova saída repentina chegou a deixar os palmeirenses com a pulga atrás da orelha. Para complicar ainda mais, o Atlético quase abriu o placar logo nos primeiros minutos da partida. Ricardo Bueno chutou forte no cantinho, mas parou nas mãos do goleiro Deola.

O Palmeiras teve o maior controle da posse de bola no primeiro tempo, mas só conseguiu chegar ao gol aos 26 minutos, através da bola parada. Em cobrança de escanteio, Marcos Assunção bateu com perigo no primeiro pau. Luan e Alê subiram para disputar a bola e fecharam a visão do goleiro Renan Ribeiro, que nada pôde fazer - a arbitragem deu gol olímpico.

continua após publicidade

Preocupado com o rebaixamento no Brasileirão, o técnico Dorival Júnior só colocou alguns dos titulares no decorrer do segundo tempo. Serginho, Nicão e Diego Tardelli entraram e equilibraram a partida. Aos 27 minutos, Serginho levantou na área e Ricardo Bueno desviou de cabeça. Deola voltou a salvar o Palmeiras com um tapinha.

continua após publicidade

A angustia do torcedor do Palmeiras durou até os 33 minutos da etapa final. Em rápido contra-ataque, Tinga armou jogada pela direita e tocou para Lincoln. O meia fez belo passe para Luan, que dominou e bateu cruzado para estufar as redes de Renan Ribeiro. O segundo gol acabou com qualquer chance de reação do Atlético, que precisaria empatar para seguir na competição.

continua após publicidade

Antes de disputar o primeiro jogo da semifinal, na próxima semana, o Palmeiras voltará aos gramados neste domingo para enfrentar o ameaçado Atlético-GO, no Serra Dourada. O Atlético Mineiro, também pressionado pelo risco de queda, vai encarar o Flamengo, sábado, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

Ficha Técnica:

continua após publicidade

Palmeiras 2 x 0 Atlético-MG

continua após publicidade

Palmeiras - Deola; Márcio Araújo, Danilo, Maurício Ramos e Gabriel Silva; Edinho, Tinga, Marcos Assunção e Valdívia (Lincoln, Dinei); Kléber e Luan (Pierre). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

continua após publicidade

Atlético-MG - Renan Ribeiro; Cáceres, Lima e Jairo Campos; Diego Macedo (Nicão), Fabiano (Diego Tardelli), Alê (Serginho), Mendez e Fernandinho; Neto Berola e Ricardo Bueno. Técnico: Dorival Júnior.

Gols - Marcos Assunção, aos 26 minutos do primeiro tempo. Luan, aos 33 minutos do segundo tempo.

continua após publicidade

Cartões amarelos - Luan, Gabriel Silva, Tinga (Palmeiras); Neto Berola, Jairo Campos (Atlético-MG).

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (RS).

Renda - R$ 762.160,00

Público - 35.054 pagantes (35.985 no total).

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).