Esportes

Fórmula 1: Vettel vence facilmente no Brasil

Da Redação ·
 Vettel lidera o GP do Brasil depois de garantir primeira posição na primeira volta
fonte: Do UOL
Vettel lidera o GP do Brasil depois de garantir primeira posição na primeira volta

Com um desempenho agressivo na primeira volta que lhe rendeu a liderança, o alemão Sebastian Vettel venceu neste domingo o Grande Prêmio do Brasil e alcançou seu terceiro triunfo na temporada para se manter na disputa pelo título com a dobradinha da Red Bull, mas a opção por não fazer o jogo de equipe manteve Alonso na liderança, precisando de apenas um segundo lugar em Abu Dhabi para ser campeão.

continua após publicidade

Depois de a dupla da Red Bull garantir a liderança ainda na primeira volta, a única inversão das posições ocorreu durante os pit stops e mesmo com a aproximação de Webber, Sebastian Vettel não diminuiu o ritmo e, como havia prometido antes da corrida, a equipe descartou a troca de posições, beneficiando Alonso.

Lewis Hamilton também se manteve na disputa pelo título ao terminar a corrida em quarto lugar, mas com possibilidades remotas, enquanto seu companheiro de equipe Jenson Button ficou sem chances matemáticas de conquistar o bicampeonato.

continua após publicidade

O resultado da corrida ainda garantiu o título de construtores para a Red Bull pela primeira vez na Fórmula 1, após ter perdido a disputa no ano passado para a Brawn GP, atual Mercedes.

A Corrida
Sebastian Vettel largou de forma agressiva para cima de Nico Hulkenberg e conseguiu a ultrapassagem antes da primeira curva. Hulkenberg conseguiu se manter na segunda posição até a reta oposta, mas espalhou na curva e terminou a primeira volta já na terceira posição.

Fernando Alonso tentou a ultrapassagem sobre Lewis Hamilton no final da reta dos boxes, mas o inglês defendeu a posição na freada para o “S” do Senna. Só que o campeão de 2008 acabou cometendo um erro na Descida do Lago e Alonso ganhou a quarta posição.

continua após publicidade

Depois de tentar seguidas vezes a ultrapassagem sobre Hulkenberg para manter o contato com os carros da Red Bull, Alonso conseguiu a ultrapassagem na sétima volta entre o Lago e o Laranjinha.

Após largar atrás e não conseguir superar a décima posição, o inglês Jenson Button tentou mudou sua estratégia e parou nos boxes para trocar pneus logo na 12ª volta.

Em oitavo lugar, Felipe Massa também mudou sua estratégia de corrida e trocou os pneus na 13ª volta. Na saída dos boxes, o brasileiro acabou perdendo a posição para Button antes da reta oposta. Com problemas na roda dianteira direita, Massa teve de retornar na volta seguinte para trocar novamente os pneus e caiu para as últimas posições.

continua após publicidade

Com 11s atrás do líder, Alonso começou a fazer voltas mais rápidas que os carros da Red Bull para diminuir a sua desvantagem. Na 25ª volta, o líder do campeonato parou nos boxes para trocar pneus e desta vez a Ferrari trabalhou sem cometer erros.

O trabalho de boxes da Red Bull foi perfeito e manteve Vettel e Webber nas primeiras colocações e virando mais rápidos que o carro do espanhol Fernando Alonso.

Na 35ª volta, em disputa de posição com o espanhol Jaime Alguersuari, da Toro Rosso, Rubens Barrichello acabou tendo o seu pneu dianteiro esquerdo furado no “S” do Senna e teve de parar e fazer a troca do composto nos boxes.

Uma batida de Vitantonio Liuzzi na 50ª volta, ao final do “S” do Senna, causou a entrada do safety car na pista e reaproximou os líderes do campeonato, beneficiando o espanhol Fernando Alonso, que estava a 18s do líder Sebastian Vettel. Mas o carro de segurança não causou prejuízo a Vettel, que manteve a ponta.

Nas voltas finais, Fernando Alonso passou a baixar a diferença de Mark Webber fazendo voltas rápidas e se aproximou do australiano, mas não conseguiu chegar a ponto de fazer a ultrapassagem e terminou mesmo na terceira colocação.