Esportes

Inter joga seu futuro no Brasileiro contra o Santos

Da Redação ·

Os jogos contra o Santos, neste sábado, e contra o Fluminense, na próxima quarta-feira, ambos no Beira-Rio, vão definir o futuro do Internacional no Campeonato Brasileiro. Se vencer os dois, o time gaúcho entra de vez na briga pelo título. Se perder os dois, relega a competição nacional ao segundo plano e passa a concentrar forças na preparação para o Mundial de Clubes, em dezembro. Em caso de uma vitória e uma derrota, terá de reavaliar a situação depois da rodada do meio da semana que vem.

continua após publicidade

O time colorado é quinto colocado na classificação, com 48 pontos. Está a nove pontos do

continua após publicidade

líder Fluminense, mas tem um jogo a menos que os cariocas.

O técnico Celso Roth ainda não pode contar com meio-campista Tinga, em fase final de recuperação de contusão muscular. O substituto é Giuliano, uma espécie de 12º jogador que está sempre no time suprindo a ausência de qualquer um dos outros meias.

continua após publicidade

O atacante Rafael Sobis inicia o jogo com o duplo papel de quinto homem do meio-de-campo, com a função de marcar e armar, e segundo do ataque, com a missão de se juntar a Alecsandro para concluir as jogadas.

continua após publicidade

A grande preocupação do Internacional é conter Neymar, mas o atacante santista não receberá cuidados exclusivos. A estratégia de destacar um jogador para controlar o destaque do time adversário deu errada no Gre-Nal, quando Glaydson tentou parar Jonas e não conseguiu,

e não será repetida contra o Santos.

O zagueiro Bolívar, capitão do time, também revelou que vai avisar o juiz Paulo Godoy Bezerra para o "cai-cai" de Neymar. Ao mesmo tempo, ressaltou que ele e seus companheiros estarão atentos ao atacante para reduzir seus espaços em campo.