Esportes

Devolução de quarta vaga na Libertadores ressuscita equipes

Da Redação ·

O Campeonato Brasileiro, que já estava imprevisível quanto ao título e às vagas na Copa Libertadores da próxima temporada, tornou-se nesta segunda-feira (18) um dos mais disputados dos últimos tempos, com o anúncio de que a competição dará lugar também ao quarto colocado no torneio internacional.

continua após publicidade

Se um clube brasileiro não for campeão da Copa Sul-Americana desta temporada, o Brasileirão dará quatro vagas a clubes brasileiros na Libertadores. A decisão da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) colocou o Vasco, 11º colocado, de volta na briga por uma vaga, além de ter aumentado as chances de Atlético-PR, Grêmio, Botafogo, São Paulo e Palmeiras.

continua após publicidade

Diante da vaga extra, os clubes já demonstram ânimo para as próximas partidas. O palmeirense Marcos Assunção lembrou que o Verdão não pode desperdiçar a chance de disputar a Libertadores de 2011.

continua após publicidade

- É claro que seria frustrante [não classificar para a Libertadores]. Temos duas opções [Brasileirão e Sul-Americana] e, se não nos classificarmos, será uma coisa muito ruim para o grupo e para os jogadores.

O Atlético-PR, que seria o quarto clube classificado caso a competição terminasse nesta terça-feira (19), também voltou suas atenções para a competição continental. O gerente de futebol do clube, Ocimar Bolicenho, elogiou a vitória brasileira na disputa com outros países sul-americanos.

continua após publicidade

- O futebol comemora o bom senso da Conmebol em não fazer uma alteração da regra do Campeonato Brasileiro em andamento... Para melhor satisfação nossa, a Conmebol devolveu ao G-4 a possibilidade de classificação em uma rodada em que justamente o Atlético seria o quarto time classificado.

continua após publicidade

No Vasco, vários jogadores mostraram ânimo com a mudança de regra. Entre eles, o meio-campista Felipe Bastos.

- Fiquei sabendo há pouco da notícia e gostei muito de saber que a Conmebol voltou atrás da decisão de tirar uma vaga brasileira da Libertadores. Acredito que essa mudança motivará mais ainda os clubes que estão lutando para isso, e não será diferente com o Vasco. Vamos em busca desse objetivo, pois seria um desfecho excelente para nosso time no Brasileiro.



O são-paulino Rogério Ceni mostrou menos otimismo, mas o capitão pode estar apenas usando uma estratégia para tirar a pressão do time.

- Acho que um time brasileiro ganhará a Sul-Americana, por tudo que estou vendo e pelos jogos que assisti. Dificilmente um time brasileiro não sairá campeão da competição. Acho que Palmeiras e Atlético-MG são o que têm mais possibilidades de conquistar o título... Não adianta ficar pensando ainda em G-4, é hora de pensar no Ceará. Se conseguirmos uma vitória, teremos uma perspectiva futura melhor. Tomara que no final do campeonato a gente esteja no grupo que vai para a Libertadores.