Esportes

Bernardinho destaca inteligência do Brasil na final

Da Redação ·
 O técnico Bernardinho é saudado pelo jogadores
fonte: oglobo/globo.com
O técnico Bernardinho é saudado pelo jogadores

O técnico Bernardinho apontou a tranquilidade da seleção brasileira na final como fator decisivo para se impor diante de Cuba e faturar o tricampeonato mundial de vôlei neste domingo. Derrotado na primeira fase pelos cubanos por 3 sets a 2, a equipe triunfou com facilidade por 3 a 0 na decisão disputada em Roma.

continua após publicidade

Para Bernardinho, o Brasil soube explorar a tensão de Cuba, que conta com um grupo jovem e ainda sem títulos de expressão, na final. "Jogamos com lucidez, como uma equipe campeã e conseguimos nos impor. Soubemos jogar contra ele, que jogaram com a pressão de serem campeões. Conseguimos controlar o jogo", comemorou, em entrevista ao SporTV.

continua após publicidade

Bernardinho admitiu que não foi fácil enfrentar a pressão após a derrota por 3 sets a 0 para a Bulgária, quando o Brasil foi acusado de perder de propósito para cair em um grupo mais fácil no Mundial de Vôlei. "Ficam muitas lições. Foi muito difícil ser cobrado", afirmou.

continua após publicidade

O treinador minimizou o fato de ser o único técnico tricampeão mundial e disse que o feito alcançado por Giba, Rodrigão e Dante, que também foram campeões em 2002, 2006 e 2010, é muito mais difícil. "O time é campeão do mundo e eu sou só apenas mais uma peça. É muito mais difícil para os jogadores alcançaram isto. É uma grande honra fazer parte deste grupo", comentou.

Bernardinho dedicou o título mundial aos seus familiares e aos torcedores que o apoiaram após a polêmica derrota brasileira para a Bulgária. "O Bruno merece por tudo que passou. O grupo todo, a minha família e o torcedor que deu mensagens de solidariedade e apoio em um momento difícil", disse.