Esportes

Torcida vai a treino do Corinthians cobrar por má fase

Da Redação ·
 Roberto Carlos conversou com integrantes da torcida
fonte: Gazeta Press
Roberto Carlos conversou com integrantes da torcida

O último treino do Corinthians para a partida contra o Atlético-GO, domingo, no Pacaembu, foi marcado pela reunião de líderes da maior torcida organizada do time e alguns jogadores. Sete membros da Gaviões da Fiel foram autorizados a entrar no CT Joaquim Grava neste sábado pela manhã para conversar com Alessandro, William, Paulo André e Roberto Carlos.

continua após publicidade

A intenção dos torcedores era cobrar o time "pacificamente" pelo mau momento no Campeonato Brasileiro. O Corinthians não ganha há quatro jogos e caiu para a o terceiro lugar, três pontos atrás do líder Fluminense e dois atrás do Cruzeiro, embora tenha disputado uma partida a menos que os dois concorrentes. A conversa foi acompanhada de perto por seguranças, o presidente Andrés Sanchez e o diretor de futebol Mário Gobbi.

Na quinta-feira, integrantes da Rua São Jorge, facção dissidente da Gaviões da Fiel, também foram ao CT para conversar com alguns jogadores, mas o fato não foi divulgado. Tal prática aconteceu poucas vezes no período de um ano e oito meses em que o Corinthians foi comandado por Mano Menezes.

continua após publicidade

Oficialmente, o técnico permitiu apenas uma reunião entre torcedores e atletas, na véspera do jogo contra o Goiás, no Morumbi, pela Copa do Brasil de 2008. O time vinha de uma derrota por 3 a 1 no confronto de ida, em Goiânia, e conseguiu chegar às quartas de final com uma goleada por 4 a 0 na volta.

No treino deste sábado, o treinador Adílson Batista confirmou que o zagueiro Chicão foi relacionado para o duelo contra o Atlético-GO após quase dois meses em recuperação de uma lesão no joelho. Sem ritmo de jogo, o jogador, no entanto, não tem escalação garantida e concorre com Thiago Heleno e Paulo André por uma vaga ao lado de William.

Roberto Carlos será poupado do jogo deste domingo devido a dores musculares. Adílson também não poderá contar com Danilo, suspenso, Ralf, Dentinho e Jorge Henrique, contundidos, Elias, na seleção brasileira, e Ronaldo, ainda sem condições físicas, embora o atacante tenha treinado com bola normalmente nesta manhã de sábado.