Esportes

Felipão revela irritação com reclamação de Valdívia

Da Redação ·
 Luiz Felipe Scolari
fonte: Arquivo TN
Luiz Felipe Scolari

O Palmeiras se recuperou no Campeonato Brasileiro e a diretoria disse que os salários foram colocados em dias, mas parece ainda haver insatisfação no elenco. O meia Valdívia, que teve boa atuação no empate por 1 a 1 com o Santos e deu passe para o gol de Kléber, não gostou de ser substituído, o que revoltou o técnico Luiz Felipe Scolari.

continua após publicidade

O chileno já havia tido comportamento semelhante ao ser substituído na derrota diante do Cruzeiro (3 a 2), no Pacaembu, no início do mês passado. Felipão, na ocasião, minimizou o fato, disse que o jogador estava só chateado com sua atuação apagada. Neste sábado, no entanto, o treinador criticou o Valdívia.

continua após publicidade

"Quem comanda o Palmeiras sou eu. Não vai ter cara amarrada, não vai ter biquinho de quem saiu. Isso não vai mudar nada", esbravejou Felipão. "Vou fazer sempre o que precisa ser feito. Pode ser até o filho do presidente, mas, se não tiver condições de jogar, não joga."

O treinador, no entanto, garante que o clima no elenco palmeirense é bom. Felipão teve uma conversa reservada com Valdivia após a partida e deixou claro para o chileno que não vai deixá-lo desrespeitar suas decisões. "Quando eu achar que o jogador está bem, fica. Quando achar o contrário, sai. Todos os jogadores sabem disso. O ambiente está bom. Não vou deixar nada prejudicá-lo agora", explicou. "Quem não ficar satisfeito tem de entender que o Palmeiras tem duas portas, a de entrada e a de saída."