Esportes

Corinthians leva susto, mas arranca empate com o Ceará

Da Redação ·
Paulinho e Defederico empataram o jogo e evitaram um fiasco do vice-líder, diante de sua torcida
fonte: Arquivo TN
Paulinho e Defederico empataram o jogo e evitaram um fiasco do vice-líder, diante de sua torcida

O Corinthians levou um susto neste sábado. Jogando no Pacaembu, o time de Adilson Batista levou dois gols do irregular Ceará e quase protagonizou a grande zebra da 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, Paulinho e Defederico empataram o jogo e evitaram um fiasco do vice-líder, diante de sua torcida.

continua após publicidade

O empate não causou maiores prejuízos ao Corinthians graças ao empate, também inesperado, do líder Fluminense com o lanterna Prudente, no interior de São Paulo. Os dois resultados mantiveram a briga acirrada pelas primeiras colocações da tabela. O time carioca soma agora 52 pontos, contra 49 da equipe paulista, que ainda tem um jogo a menos mas pode cair para o terceiro lugar se o Cruzeiro vencer o Atlético-PR ainda neste sábado.

continua após publicidade

Já o Ceará, agora com 32 pontos, voltou a respirar aliviado na luta para se distanciar da zona de rebaixamento. Abriu seis pontos de vantagem sobre o Atlético-GO, primeiro time dentro da zona da degola.

continua após publicidade

O JOGO - Atuando seu o volante Elias, seu principal jogador nas últimas partidas, o Corinthians mostrou desequilíbrio no meio-campo, com jogadas somente pelo lado esquerdo. Elias fez falta também na armação.

Prova disto foi o gol do Ceará. Aos 17 minutos, Magno Alves roubou a bola de Edu na direita, driblou Alessandro e conseguiu descolar ótimo passe para Marcelo Nicácio, que entrou livre pelo lado esquerdo, e bateu na saída do goleiro Júlio César.

continua após publicidade

O gol segurou o ímpeto do Corinthians, que já havia perdido uma chance cara a cara com Bruno César logo nos primeiros minutos. Apesar de continuar no ataque, o time de Adilson Batista passou a esbarrar na forte marcação do Ceará em frente à sua área.

continua após publicidade

Jogando no contra-ataque, o Ceará sempre levava perigo ao gol corintiano. Sem Chicão e William, Thiago Heleno e João Leonardo foram os encarregados pela zaga. Aproveitando o desentrosamento, o Ceará sempre foi maioria nas ações ofensivas e só não marcou mais ainda no primeiro tempo por falta de pontaria.

continua após publicidade

No segundo tempo, mesmo com Danilo no lugar de Edu, o time continuou abusando dos erros, sobretudo nos passes na entrada da área. Apesar de dominar, o time não conseguia ameaçar o Ceará. A entrada de Danilo pelo menos serviu para deixar Bruno César mais à vontade pela direita. Foi por lá que aconteceram as melhores jogadas de ataque na segunda etapa.

No entanto, a fragilidade na defesa continuou na segunda etapa. E, aos 20, o Ceará fez o marcou o segundo gol. Em contra-ataque, o experiente Magno Alves recebeu na esquerda, invadiu a área, se livrou de Paulo André e bateu no canto de Júlio César.

continua após publicidade

O segundo gol do Ceará acordou o Corinthians, que finalmente conseguiu acertar uma jogada coletiva. Aos 25, Bruno César fez grande enfiada para Paulinho, que entrou bem pelo meio da área, se livrou do marcador, e finalizou com uma cavadinha sobre o goleiro Michel Alves.

continua após publicidade

De volta ao jogo, Corinthians passou a acertar a marcação. No ataque, o time também passou ter mais sorte e a pressão começou a gerar algum efeito. Aos 37, de longe, Defederico bateu uma falta alçada na área. Ninguém desviou a trajetória da bola, que surpreendeu o goleiro do Ceará e entrou direto no gol.

continua após publicidade

Os minutos finais foram de aflição para o torcedor, com um time buscando desesperadamente a vitória e o outro tentando segurar o empate. Mais feliz foi o torcedor do Ceará, que comemorou o ponto conquistado fora de casa.

Na próxima rodada, o Corinthians encara o Atlético-MG, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, na quarta-feira, às 21h50. No mesmo horário, o Ceará recebe o Internacional, no Castelão, em Fortaleza.

continua após publicidade

Ficha Técnica:

continua após publicidade

Corinthians 2 x 2 Ceará

continua após publicidade

Corinthians - Júlio César; Alessandro (Defederico), Paulo André, Thiago Heleno, Roberto Carlos; Paulinho, Jucilei, Edu (Danilo), Bruno César; Jorge Henrique e Iarley. Técnico: Adilson Batista.

Ceará - Michel Alves; Boiadeiro, Anderson, Fabrício, Vicente; Michel, Heleno, João Marcos, Geraldo (Careca); Magno Alves (Misael) e Marcelo Nicácio (Jean Carlos) Técnico: Dimas Filgueira.

continua após publicidade

Gols - Marcelo Nicácio, aos 17 minutos do primeiro tempo. Magno Alves, aos 20, Paulinho, aos 25, e Defederico, aos 37 minutos do segundo tempo.

Cartão amarelo - Geraldo (Ceará).

Árbitro - Heber Roberto Lopes (Fifa-PR).

Renda - R$ 927.034,00.

Público - 28.612 pagantes.

Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).