Esportes

Brasil e EUA duelam em Arapongas no vôlei feminino

Da Redação ·
 O amistoso vai fechar o giro de quatro jogos no Norte do Paraná entre as duas equipes, que se preparam para o Campeonato Mundial
fonte: Divulgação
O amistoso vai fechar o giro de quatro jogos no Norte do Paraná entre as duas equipes, que se preparam para o Campeonato Mundial

Com expectativa de casa cheia, as seleções de vôlei feminino de Brasil e Estados Unidos vão se enfrentar hoje, a partir 20 horas, no Ginásio Municipal de Esportes Luiz Augusto Zin, em Arapongas.

continua após publicidade

O amistoso vai fechar o giro de quatro jogos no Norte do Paraná entre as duas equipes, que se preparam para o Campeonato Mundial. A competição será realizada entre os dias 29 de outubro e 14 de novembro no Japão.

continua após publicidade

Os ingressos custam R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia-entrada, podendo ser adquiridos na bilheteria do “Luiz Augusto Zin”, a partir das 10 horas de hoje.

continua após publicidade

Ontem à noite, as seleções se enfrentariam no Ginásio de Esportes do Moringão, em Londrina.

Nas duas primeiras partidas no Estado, o marcador foi o mesmo. Vitória da Seleção Brasileira por três sets a dois, com os dois confrontos acontecendo no Ginásio de Esportes Chico Neto, em Maringá.

continua após publicidade

Para sediar o amistoso nesta quarta-feira o Ginásio de Esportes Luiz Augusto Zin foi todo reformado.

continua após publicidade

“Vamos reabrir nosso ginásio em grande estilo e com o respeito que nossa comunidade esportiva sempre mereceu”, destacou o prefeito de Arapongas Beto Pugliese, acrescentando que a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) esteve na praça esportiva fazendo uma vistoria e o avaliou com excelente nível de padrão e qualidade.

continua após publicidade

O prefeito ainda falou sobre os investimentos para a obra que integra o projeto de reforma no ginásio, que custou aproximadamente R$ 350 mil aos cofres da Administração Municipal e previu a ampliação da quadra poli-esportiva com a substituição do revestimento do piso, troca do sistema de iluminação interna e externa, pintura das arquibancadas e reforma de banheiros e vestiários.

continua após publicidade

No amistoso de hoje à noite, a Seleção Brasileira jogará desfalcada das atletas Mari e Paula Pequeno, que estão contundidas.

continua após publicidade

Já a líbero Fabi, jogadora mais experiente da equipe e que tem escalação garantida frente as norte-americanas, tem elogiado a qualidade técnica das adversárias.

“Com certeza, a escolha dos Estados Unidos foi proposital. Além de nos enfrentarmos na segunda fase do Mundial, a equipe norte-americana tem muita técnica e está exigindo muito do nosso grupo. Além disso, a rivalidade está aguçada desde os Jogos Olímpicos de Pequim”, disse Fabi ao site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

A Seleção Brasileira, treinada por José Roberto Guimarães, utilizará hoje as jogadoras Dani Lins, Fabíola, Sheilla, Joycinha, Jaqueline, Natália, Fernanda Garay, Sassá, Thaísa, Fabiana, Adenízia, Carol Gattaz, Camila Brait e Fabi.