Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Com zagueiro vindo do "limbo", Palmeiras visita o Novorizontino

.

ALBERTO NOGUEIRA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O zagueiro Antônio Carlos, 24, passou 2017 esquecido na reserva do Palmeiras. Hoje, sob o comando do técnico Roger Machado, ele deixou de ser última opção para virar titular da zaga, substituto de Mina, vendido ao Barcelona.

Carioca, o atleta é cria da base do Corinthians. À reportagem, disse que o clube é passado. "Quero ganhar títulos e virar ídolo aqui [Palmeiras]".

Neste sábado (17), às 19h, no jogo de ida das quartas de final do Paulista contra o Novorizontino, em Novo Horizonte, o defensor poderá dar mais um passo rumo à realização de sua meta.

Antônio Carlos não tem a irreverência de seu antecessor e sabe o peso que é substituí-lo. Ele tem chamado a atenção pela qualidade no passe, pelos dois gols marcados nas vitórias sobre Santos e São Paulo e por ajudar a equipe com orientações durante a partida.

"Sobre falar com os colegas antes e durante as partidas, eu sempre fui assim. Acho importante quem está atrás, vendo o jogo inteiro, dar orientações", diz.

Contratado ano passado após pedido do ex-treinador Eduardo Baptista, com quem trabalhou na Ponte Preta, o atleta viu diferentes duplas de zaga se formarem sem ele.

Jogadores como Juninho e Luan chegaram muito mais badalados à equipe. O primeiro, como promessa, versátil, que poderia jogar também de lateral esquerdo, e o segundo, como campeão olímpico.

Ambos não convenceram. Mesmo assim, foram os substitutos dos titulares Mina e Edu Dracena sob o comando do ex-técnico Cuca.

No fim do ano, o contrato de Antônio Carlos terminou. Sem espaço, sua saída era dada como certa. Porém, um telefonema do diretor Alexandre Mattos mudou tudo.

"Quando o Alexandre ligou no fim do ano, eu fiquei muito feliz e lisonjeado", disse.

Mesmo com sondagens de outros clubes, como o São Paulo, no qual teoricamente teria mais espaço para atuar, decidiu ficar no Palmeiras.

"Sei o que o clube pode oferecer para minha carreira. Como o Omar [Feitosa, preparador físico] diz, quem está aqui é a nata da nata", afirma.

No início do ano, o técnico Roger Machado surpreendeu ao escalar Antônio Carlos ao lado de Thiago Martins, que retornava de empréstimo e estava em vias de sair de novo.

Os dois se firmaram e lideram as estatísticas de passes certos do time, que tem a segunda melhor defesa do Paulista ao lado do Corinthians, com oito gols sofridos -o Bragantino sofreu um a menos.

"Criamos uma grande amizade. Temos confiança um no outro", concluiu o zagueiro.

NOVORIZONTINO

Oliveira; Tony, Anderson Salles, Éder, Thallyson; Adilson Goiano, Jean Patrick, Jean Carlos; Cléo Silva, Alisson Safira, Rafael Ratão. T.: Doriva

PALMEIRAS

Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins, Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique, Lucas Lima; Willian, Borja, Dudu. T.: Roger Machado

Estádio: Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP)

Horário: 19h deste sábado

Juiz: Flavio Rodrigues de Souza

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber