Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Fifa definirá futuro de Del Nero até o fim de abril

.

SÉRGIO RANGEL

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, perdeu mais um round nesta quarta-feira (14) na Fifa e deve ser banido definitivamente do futebol até o final de abril.

O presidente da Câmara de Arbitragem do Comitê de Ética da Fifa, Vassilios Skouris, aceitou a denúncia contra Del Nero, que está suspenso desde dezembro. Nesta quarta, a suspensão foi prorrogada por mais 45 dias.

O relatório foi feito pela queniana Janet Katisya, integrante da câmara de investigação do órgão. Se a defesa do dirigente fosse convincente, o cartola seria declarado inocente nesta quarta.

O teor da acusação feita por Katisya contra Del Nero é mantido em sigilo, mas tem relação com as investigações da Justiça dos EUA contra a corrupção no futebol.

O dirigente é acusado no país de participar de um esquema de recebimento de propina junto com outros cartolas da América Latina. Ele nega a acusação.

Suspenso preventivamente por 90 dias em dezembro, Del Nero foi ouvido em janeiro pelos integrantes da comissão. Sem deixar o país por temer ser preso, o dirigente alegou inocência no interrogatório de mais de cinco horas, feito por videoconferência.

A atitude de depor no Brasil arranhou ainda mais sua imagem com integrantes da comissão de investigação.

Apesar de afastado, o dirigente praticamente ignora a punição imposta pela entidade. Na semana passada, Del Nero praticamente garantiu a eleição do diretor da CBF, Rogério Caboclo para o seu lugar. A eleição será em abril.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber