Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Flamengo joga no Equador em busca de recuperação na Libertadores

.

MARCOS PEREIRA

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo enfrenta o Emelec nesta quarta-feira, às 21h45, em Guayaquil (EQU), em busca de reação na Taça Libertadores. O time brasileiro só empatou na estreia com o River Plate, no Engenhão, e não pode correr o risco de ver seus concorrentes se distanciarem no Grupo 4, considerado um dos mais equilibrados da competição.

O Emelec também empatou em sua primeira partida. O time equatoriano arrancou um placar de 1 a 1 com o Independiente Santa Fé, em Bogotá, comprovando a boa fase que vive neste ano. No Campeonato Equatoriano, a equipe tem 100% de aproveitamento após quatro rodadas e é a líder.

Já o Flamengo vive entre bons e maus momentos na temporada. Apesar do título da Taça Guanabara, o time dirigido por Paulo César Carpegiani ainda não convenceu a torcida de que pode ir longe em 2018. Na Taça Rio, a equipe rubro-negra vem de derrota para o Macaé, atuando com reservas, e, a uma rodada do fim, ainda não tem a classificação assegurada para a semifinal da competição.

Para completar, o Flamengo entra em campo sob grande pressão na Libertadores. O motivo são os recentes fracassos na competição. O time caiu na fase de grupo em suas últimas três participações -2012, 2014 e 2017.

No ano passado, a queda aconteceu após derrota para o San Lorenzo, na Argentina, com o gol decisivo sendo marcado aos 45min do segundo tempo.

Para o segundo jogo na edição de 2018 da Libertadores, o Flamengo terá dois desfalques. O volante Cuellar cumpre o segundo jogo de suspensão, após ter sido expulso na final da Copa Sul-Americana do ano

passado, e o zagueiro Réver tem um edema ósseo na canela e foi vetado. Em seus lugares, entram Jonas e Rhodolfo, respectivamente.

Depois desse jogo, o Flamengo demorará mais de um mês para voltar a jogar na Libertadores. A terceira partida, contra o Independiente Santa Fé, acontece no dia 18 de abril, no Maracanã. No entanto, o jogo terá portões fechados em razão de punição imposta pela Conmebol por causa do tumulto causado por torcedores rubro-negros na final da Sul-Americana de 2017.

EMELEC

Dreer; Paredes, Guagua, Meja, Bagui; Espinoza, Quiñonez, Brubano, Luna, Garcia; Tenorio. T.: Alfredo Arias

FLAMENGO

Diego Alves; Rodinei, Rhodolfo, Juan, Renê; Jonas, Lucas Paquetá, Diego, Éverton Ribeiro, Everton; Henrique Dourado. T.: Paulo César Carpegiani

Estádio: George Capwell, em Guayaquil (Equador)

Horário: 21h45 desta quarta-feira

Juiz: Mario Díaz de Vivar (PAR)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber