Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Ministério do Esporte questiona conclusões do relatório da CGU

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério do Esporte, hoje comandado pelo deputado federal Leonardo Picciani (MDB-RJ), negou existir o prejuízo potencial apontado pela CGU (Controladoria-Geral da União).

"Todas as medidas administrativas e judiciais foram tomadas na solução das ocorrências apontadas pela CGU", afirma o órgão.

Segundo a pasta, já foram tomadas as medidas cabíveis também para adequação dos espaços da sede atual do Ministério do Esporte. À reportagem, porém, a CGU reafirmou que identificou prejuízo efetivo superior a R$ 10 milhões, que, se somado ao prejuízo potencial, poderia até superar os R$ 15 milhões apurados no relatório.

Em resposta à auditoria, o Ministério do Esporte disse discordar das conclusões do relatório da CGU.

Os ex-ministros do Esporte Aldo Rebelo e George Hilton foram procurados pela Folha para comentar os questionamentos da CGU referentes ao período em que estiveram à frente da pasta, mas não responderam.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber