Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Astro do Cavaliers diz que sofreu ataque de pânico durante partida da NBA

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Por meio de texto publicado no site americano "The Players Tribune", Kevin Love, astro do Cleveland Cavaliers, revelou que sofreu um ataque de pânico em novembro, já durante a temporada 2017/2018 da NBA. Foi a primeira vez que o ala-pivô teve de lidar com o problema.

"No dia 5 de novembro, bem depois do intervalo do jogo contra o Atlanta Hawks, eu tive um ataque de pânico. Veio do nada. Nunca tinha tido um antes. Eu nem sabia se eles eram reais. Mas foi real —tão real quanto uma mão quebrada ou uma torção no tornozelo. Desde aquele dia, quase tudo que eu penso sobre minha saúde mental mudou", disse Love.

O incidente aconteceu dois meses e três dias após o jogador completar 29 anos. Segundo ele, na ocasião, problemas com a família, falta de sono e a dificuldade para atender às expectativas criadas para os Cavaliers contribuíram para o ataque de pânico.

O problema aconteceu após Love acertar apenas um arremesso de quadra e dois lances livres na primeira metade do jogo contra os Hawks. Como base de comparação, o jogador tem média de 17,9 pontos por jogo nesta temporada.

"No intervalo, tudo veio à toa. O técnico Tyronn Lue pediu tempo no terceiro quarto. Quando estava indo para o banco, senti meu coração batendo mais rapidamente que o normal. Então, comecei a ter problemas para respirar. É difícil descrever, mas tudo estava girando, como se meu cérebro estivesse tentando sair da minha cabeça. O ar parecia pesado. Minha boa parecia giz. Lembro do assistente técnico gritando algo sobre nossa defesa. Eu acenei com a cabeça, mas não ouvi muito do que ele disse. Naquela altura, eu estava pirando. Quando levantei para caminhar, sabia que não podia voltar para o jogo. Eu literalmente não podia fazê-lo fisicamente", contou.

Love então correu para o vestiário dos Cavs e ficou perambulando por várias salas até se deitar no chão. O ala-pivô foi levado para uma clínica em Cleveland para fazer exames, que voltaram limpos.

Dois dias depois, o jogador voltou às quadras marcando 32 pontos em vitória dos Cavs sobre o Milwaukee Bucks. Love está fazendo terapia desde então.

O astro dos Cavs foi o segundo da NBA a revelar problemas de saúde mental recentemente. DeMar DeRozan, cestinha do Toronto Raptors, falou recentemente sobre como lidava com a depressão.

"Por simplesmente compartilhar o que ele compartilhou, DeMar provavelmente ajudou algumas pessoas —e talvez muito mais pessoas que nós sabemos— a sentir que não são loucas ou estranhas por estarem lutando contra a depressão. Os comentários dele ajudaram as pessoas a tirar algum poder do estigma, e acho que é aí onde está a esperança", elogiou Love.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber