Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Esportes

Torcedor é morto em briga com santistas antes de clássico

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Espancado por torcedores santistas durante briga em Itaquaquecetuba (45 km de São Paulo), Danilo da Silva Santos, 30, morreu ao dar entrada no Hospital Santa Marcelina, na mesma cidade.

A informação foi confirmada pelo delegado Francisco Del Poente, da delegacia central de Itaquaquecetuba.

"Não posso passar detalhes do caso porque ainda estamos registrando e colhendo depoimentos. Mas o torcedor morreu, infelizmente", disse o delegado.

O hospital se negou a confirmar se a vítima, provavelmente corintiana, chegou sem vida ao local, como disseram policiais.

Outras quatro pessoas sofreram ferimentos leves e foram liberadas pouco depois.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, seis torcedores foram presos, sendo cinco adultos, que serão indiciados por homicídio doloso. Um adolescente será encaminhado à Vara da Infância e da Juventude. O grupo foi reconhecido por testemunhas.

Ainda de acordo com a Secretaria, outras 16 pessoas, 15 maiores e um menor de idade, serão ouvidas pelo delegado e deverão ser autuadas por rixa qualificada, danos e crime previsto no Estatuto do Torcedor. Barras de ferro e pedaços de madeira foram apreendidos.

A Folha de S.Paulo tentou entrar em contato com dirigentes da torcida, mas não teve sucesso.

Os torcedores do Santos se dirigiam ao Pacaembu, onde assistiriam ao clássico contra o Corinthians, realizado neste domingo (4) à tarde. Eles desceram de um ônibus antes de a confusão começar.

A confusão começou na avenida Almiro Dias e continuou até a estrada de Santa Isabel, em Itaquaquecetuba. Foi onde os santistas incendiaram moto e depredaram automóvel que tinha produto com escudo do Corinthians próximo ao vidro traseiro. A polícia isolou o local, onde podiam ser vistos pedaços de madeira usados na briga.

Como acontece no futebol paulista desde abril de 2016 após confronto de torcidas do Palmeiras e do Corinthians que deixou um morto, os clássicos no Estado são realizados com torcida única.

Como o mando da partida deste domingo era do Santos, apenas torcedores do time do litoral puderam comprar ingressos.

A decisão de fazer clássicos com torcida única não é unanimidade entre os dirigentes, embora estes considerem pouco provável conseguir mudar a determinação, encampada pelo Ministério Público, Polícia Militar e Federação Paulista de Futebol.

"Eu acho que isso é a morte do futebol. Precisamos conversar para mudar isso", defende o vice-presidente do Santos, Orlando Rollo, ex-dirigente da Torcida Jovem.

Danilo é a terceira morte envolvendo torcedores organizados desde a implantação da medida. Em setembro de 2016, o corintiano Daniel Veloso, membro da Gaviões da Fiel, foi assassinado com golpes de barra de ferro em Itapevi, na Grande São Paulo. Em julho de 2017 o palmeirense Leandro de Paula foi esfaqueado por corintianos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber