Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Médico que abusou de ginastas sofre a primeira denúncia de um homem

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESs) - Condenado a mais de 100 anos de prisão em dois processos sobre abuso de ginastas nos Estados Unidos, Larry Nassar agora enfrenta acusação de um homem. Jacob Moore, um ginasta de 18 anos da Universidade de Michigan, também entrou como parte de um processo contra o médico. Moore é o primeiro atleta do sexo masculino a apresentar queixa contra Nassar.

De acordo com informações do Yahoo, Moore acusa o médico de abusá-lo ainda aos 16 anos. Na acusação, o ginasta relata que compareceu à casa de Nassar para tratar de uma lesão no ombro. O médico levou o jovem a um porão e expôs os genitais do adolescente a uma ginasta mulher enquanto fazia o exame, sob a alegação de que faria uma “acupuntura” no local para curar a problema físico.

Na acusação, Moore, segunda pessoa da família a ser vítima de Nassar, se baseia em análises de outros médicos. A conclusão apresentada no documento é que “não existe uma conexão médica conhecida entre a dor no ombro e que pode ser tratada através da acupuntura na área dos órgãos genitais masculinos”.

Antes de Jacob admitir o abuso de Larry Nassar, a irmã dele, Kamerin, levou à Justiça o crime do médico. Ela foi uma das centenas de atletas assediadas pelo então profissional da Universidade de Michigan e da seleção americana de ginástica, que já recebeu duas condenações –a mais alta pede prisão por um período de 175 anos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber