Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Chapecoense ganha 'Oscar' do esporte como melhor momento de 2017; Federer é o melhor pela 6ª vez

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Considerado o Oscar do esporte, o Laureus Awards premiou nesta terça-feira (27) a Chapecoense como o Melhor Momento Esportivo de 2017. A condecoração ao clube catarinense, feita por voto popular, aconteceu pela recuperação após o acidente aéreo na Colômbia, em novembro de 2016, que vitimou jogadores, comissão técnica, dirigentes e jornalistas antes da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional.

O evento de premiação ocorreu no principado de Mônaco, na França, e contou com a presença de personalidades, como o tenista suíço Roger Federer. A escolha do vencedor foi por votação popular no site do Laureus, e nos últimos dias contou com o apoio de famosos nas redes sociais em prol da escolha da Chape à honraria.

No ano passado, em plena reestruturação pós-tragédia, a Chape sagrou-se campeã catarinense e, com a oitava colocação no Campeonato Brasileiro, classificou-se à fase preliminar da Copa Libertadores de 2018, em que acabou eliminada pelo Nacional do Uruguai.

A história do clube comoveu o futebol mundial e gerou amistosos contra europeus no segundo semestre de 2017, o mais simbólico deles contra o Barcelona, em agosto, no Camp Nou, que marcou o retorno aos gramados do lateral-esquerdo Alan Ruschel, um dos sobreviventes da tragédia ao lado do goleiro Jackson Follmann e do zagueiro Neto, todos aplaudidos em pé no estádio catalão.

O melhor atleta masculino do ano foi o tenista Roger Federer. Essa é a quinta vez que o suíço é eleito, superando o jamaicano Usain Bolt, tricampeão olímpico dos 100 m e 200 m rasos. As outras estatuetas dele foram conquistadas de 2005 a 2008.

Na disputa, Federer superou nomes como o do espanhol Rafael Nadal (tênis), do português Cristiano Ronaldo (futebol), e dos britânicos Mo Farah (atletismo), Chris Froome (ciclismo) e Lewis Hamilton (Fórmula 1).

Federer também ganhou o troféu de Retorno do Ano. Como ele passou por uma cirurgia no joelho em 2016, a temporada passada serviu como uma reviravolta para o suíço, que ganhou dois títulos de Grand Slam entre os 35 e 36 anos de idade (Aberto da Austrália e Wimbledon).

Na concorência, Federer superou Barcelona (Futebol), Valentino Rossi (MotoGP), Sally Pearson (Atletismo), Justin Gatlin (Atletismo) e Chapecoense (Futebol).

Entre as mulheres, a eleita foi a norte-americana Serena Williams, apesar de ela ter passado quase todo o ano afastada das quadras para se tornar mãe. Com quatro troféus do Laureus, Serena ganhou o Aberto da Austrália em 2017. Ela teve a concorrência de Garbiñe Muguruza (Tênis), Caster Semenya (Atletismo), Allyson Felix (Atletismo), Katie Ledecky (Natação) e Mikaela Shiffrin (Esqui).

Veja todos os premiados:

Melhor Atleta Masculino do Ano - Roger Federer (SUI), do tênis

Retorno do Ano - Roger Federer (SUI), do tênis

Melhor Momento Esportivo do Ano - Chapecoense e sua reconstrução

Melhor Atleta Feminina do Ano - Serena Williams (EUA), do tênis

Equipe do Ano - Mercedes, da Fórmula 1

Melhor Atleta Paralímpico - Marcel Hug (SUI), do atletismo em cadeira de rodas

Revelação do Ano - Sergio Garcia (ESP), do golfe

Melhor Atleta de Ação - Armel Le Cléac’h (FRA), da vela

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber