Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Esportes

Antes invicto, Palmeiras fica em xeque antes de estreia na Libertadores

.

DIEGO SALGADO

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Tirar lições de uma derrota para um rival a fim de se preparar para os desafios que vêm pela frente na temporada. Esse foi o discurso do técnico Roger Machado e do diretor Alexandre Mattos após o revés por 2 a 0 para o Corinthians em Itaquera no último sábado (24). O resultado negativo fez o time alviverde chegar a três jogos em vitórias e ficar em xeque dias antes da estreia na Libertadores.

Até então, nos oito jogos da temporada, o Palmeiras de Roger estava invicto, com seis triunfos e dois empates, todos pelo Campeonato Paulista. Agora, mesmo com a manutenção da liderança geral do estadual, a equipe se vê questionada pela primeira vez no ano, justamente às vésperas do primeiro jogo na competição continental, que é maior meta de 2018.

Diante da situação, o Palmeiras busca reagir instantaneamente para que evitar uma situação vivida em 2017, quando também era apontado como favorito, com o melhor elenco. Uma derrota para Corinthians, também em fevereiro, deu início a uma fase instável, que culminou na eliminação no estadual e na Libertadores.

Para o treinador do Palmeiras, as ideias de jogo serão mantidas, embora haja há necessidade de mudanças pontuais para a partida contra o Junior Barraquilla e os três jogos finais da fase de grupos do Paulista. Mattos, por sua vez, acredita que a derrota servirá de lição.

"Sempre temos de tirar lições das derrotas. O que eu idealizei para o clássico não foi o resultado de hoje. As convicções continuam iguais. Precisamos fazer ajustes. Quando se depara com dificuldade, precisa encontrar soluções para os desafios seguintes", disse Roger Machado.

"Nós temos de melhorar, é assim. Nessas horas, em que se perde, temos de aprender. Não temos de falar só de situação de arbitragem, que vocês da imprensa vão discutir. Mas pode ter certeza de que aprendemos muito para, na hora certa, a gente fazer o nosso papel melhor do que foi neste sábado", ressaltou Mattos.

"Sempre temos de tirar lições das derrotas. O que eu idealizei para o clássico não foi o resultado deste sábado. As convicções continuam iguais. Precisamos fazer ajustes. Quando se depara com dificuldade, precisa encontrar soluções para os desafios seguintes" frisou Roger.

DIFICULDADES

No jogo contra o Corinthians, o Palmeiras acabou surpreendido pelas escolhas do técnico Fábio Carille, que escalou um time sem nenhum centroavante e quatro atletas no meio-campo ofensivo. O time alviverde, dessa forma, precisou de alguns minutos para se adequar à tática do rival.

O Palmeiras, de acordo com Roger, ainda sofreu com a postura corintiana de tocar a bola no campo de ataque. Foi dessa forma, por exemplo, que o time alvinegro chegou ao primeiro gol do clássico após rocar 29 passes em pouco mais de 80 segundos.

"A transição é a roubada no ataque e o contra-ataque. Dentro do jogo posicional, você precisa ter paciência. É diferente de ser lento. Em alguns fomos lentos e outros tivemos paciência para entrar em uma defesa bem posicionada. Os melhores momentos foram quando subimos a marcação e roubamos a bola. O Corinthians conseguia segurar a bola no ataque e nos empurrava para trás", afirmou o treinador.

A equipe alviverde também sofreu com o baixo desempenho individual de alguns jogadores. Dudu, aberto à esquerda, apareceu pouco no jogo. Na defesa, pelo mesmo lado, Michel Bastos sofreu com as subidas de Romero. Tchê Tchê se mostrou desconectado do jogo em alguns lances. No ataque, o apagado Willian foi substituído no intervalo por Gustavo Scarpa.

O Palmeiras viaja à Colômbia nesta terça-feira, às 21h30. Na quinta, o time enfrenta o Junior Barranquilla no estádio Metropolitano. O time volta a campo pelo estadual na próxima segunda, contra o São Caetano, no Allianz Parque.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber