Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Esportes

Jair testa 26 atletas e só usa um esquema em busca do time ideal do Santos

.

SAMIR CARVALHO

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico Jair Ventura fica a cada rodada do Campeonato Paulista mais próximo do "time ideal" do Santos nesta temporada. E a tarefa não é fácil. O treinador já testou 26 jogadores em apenas oito jogos. O Palmeiras, por exemplo, com elenco maior e mais caro, testou 19 atletas em campo neste ano.

Foram oito atletas testados no ataque, oito no meio-campo, seis nas laterais e cinco na zaga. Nesta soma, vale ressaltar que Jean Mota e Copete atuaram em duas posições, pois ambos foram escalados na lateral-esquerda.

Os onze titulares de Jair Ventura no momento são Vanderlei, Daniel Guedes, David Braz, Lucas Veríssimo, Jean Mota; Alison, Renato, Vecchio; Sasha, Gabigol e Copete. No entanto, o "time ideal" deve ter a volta de Bruno Henrique no ataque, além da entrada de Dodô na lateral-esquerda, reforço próximo de acerto, e um meia de expressão, que tomaria a vaga de Renato ou Vecchio.

Há quem torça dentro e fora do clube para que Gustavo Henrique fique com a vaga de David Braz na zaga. Recuperado de cirurgia ligamentar no joelho direito, o zagueiro atuou ao lado de Lucas Veríssimo no clássico contra o São Paulo, por conta da suspensão de Braz, e a zaga santista não sofreu gols.

Vale lembrar que Victor Ferraz, titular da lateral-direita do Santos nos últimos três anos, se recupera de luxação no ombro e deve brigar para recuperar a posição. No entanto, Daniel Guedes, o atual titular, é o líder de assistências do time no ano, com três passes a gol, e goza de bastante prestígio com o técnico Jair Ventura.

Apesar de utilizar muitos atletas, Jair Ventura tem sido fiel a um esquema tático: 4-1-4-1. O treinador iniciou todos os oitos jogos com esse esquema. Houve poucas variações táticas durante as partidas – todas para os esquemas 4-3-3 e 4-4-2.

Além de utilizar o 4-1-4-1, Jair Ventura prioriza o contra-ataque como a principal estratégia de jogo. Foi essa a postura nos dois clássicos disputados em 2018 (derrota para o Palmeiras por 2 a 1 e vitória contra o São Paulo por 1 a 0). Até em duelo contra times de menores, contra Linense e Ponte Preta, ele apostou em uma postura reativa.

Entre os atletas inscritos no Campeonato Paulista, o técnico santista não utilizou apenas os goleiros Vladimir e João Paulo, o zagueiro Cléber Reis e o volante Yuri, os dois últimos por conta de lesões.

O Santos é o líder do grupo D do Paulistão, com 14 pontos, três a mais que o Botafogo, segundo colocado. Foram quatro vitórias, dois empates e duas derrotas. Na próxima rodada, a equipe santista encara o Santo André, domingo, 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber