Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Esportes

Cruzeiro alega briga judicial para não quitar dívida por compra de B. Silva

.

BERNARDO GENTILE E THIAGO FERNANDES

RIO DE JANEIRO, RJ E BELO HORIZONTE, MG (FOLHAPRESS) - A diretoria do Cruzeiro diz estar à espera da definição de uma batalha judicial entre o Botafogo e um ex-preparador físico para pagar a última parcela -avaliada em R$ 1 milhão- pela contratação de Bruno Silva.

Moracy Sant'anna, antigo empregado do clube, cobra os cariocas pelo não recolhimento de encargos trabalhistas em 2014. Ele acionou a Justiça para solicitar a grana ao time do Botafogo.

A cúpula mineira alega que ainda não depositou o montante na conta dos botafoguenses por conta do problema judicial. Há uma dúvida, segundo os mineiros, sobre o destino do dinheiro.

A data para pagamento desta parcela já venceu. Entretanto, a Raposa aguarda uma definição entre as partes para saber em qual conta deverá efetuar o pagamento referente à contratação de Bruno Silva. O valor pode ir para os cofres do Botafogo ou ser colocado em juízo.

O meio-campista de 31 anos foi contratado por R$ 6 milhões em janeiro de 2018. A sua aquisição foi alinhavada pelo vice-presidente de futebol Itair Machado.

O Cruzeiro pagou R$ 4 milhões ao Botafogo em 4 de janeiro passado e entregou R$ 1 milhão à Ponte Preta na mesma data. A outra fatia do volante seria paga com a ida de Rony para o Botafogo. Como a negociação pelo atacante não deu certo, os mineiros ficaram incumbidos de pagar mais R$ 1 milhão aos cariocas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber