Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Elenco do Vasco enfrentou transtornos após jogo por conta da chuva no Rio

.

BRUNO BRAZ

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Jogadores, familiares, comissão técnica e funcionários do Vasco também não escaparam dos transtornos causados pela tempestade que ocorreu na madrugada de quarta (14) para esta quinta-feira (15) no Rio de Janeiro.

Como a forte chuva teve início pouco depois da vitória da equipe por 4 a 0 sobre o Jorge Wilstermann (BOL) pela Copa Libertadores, a maioria acabou ficando presa dentro de São Januário esperando uma melhora do quadro nas ruas cariocas.

Eles ficaram abrigados na antiga sala de musculação do clube, que hoje serve de escritório para funcionários do departamento médico. A imprensa também passou pela mesma situação.

O atacante Riascos, que se arriscou a ir embora para casa, enfrentou os alagamentos no sentido da Barra da Tijuca e acabou tendo que parar seu carro em um posto de gasolina por precaução.

Alguns funcionários vascaínos só conseguiram deixar São Januário por volta das 4h da madrugada, assim como torcedores, que se abrigaram em estabelecimentos próximos ao estádio.

Apesar de todos os transtornos, São Januário não teve maiores problemas, como com questões estruturais, por exemplo.

O elenco recebeu folga e retomará os treinos nesta sexta-feira (16), no CT de Vargem Grande, já visando a partida de volta da terceira fase da Copa Libertadores, quando poderá perder por até 3 a 0 em Sucre, a 2.800 m de altitude, que ficará com a vaga na fase de grupos.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber