Mais lidas
Esportes

Flamengo e Botafogo fazem clássico por vaga na final da Taça Guanabara

.

PAULO BATISTELLA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A folia de Carnaval será ainda mais animada para flamenguistas ou botafoguenses —e ressentida para uma das partes.

Antes de caírem no samba, Flamengo e Botafogo fazem clássico às 16h30 deste sábado (10), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, no sul do Estado do Rio. O duelo vale vaga na final da Taça Guanabara, contra o Boavista, que bateu o Bangu na quinta (8).

Os rivais chegam ao clássico em climas distintos. O Flamengo é tido como favorito pela boa campanha na fase de grupos, enquanto o Botafogo tenta superar o mal estar causado pela queda precoce na Copa do Brasil contra o Aparecidense (GO).

O time da Gávea se classificou antecipadamente para o mata-mata como líder do grupo B —venceu quatro partidas e empatou uma, sem sofrer gols— e, por causa disso, terá o mando de campo e a vantagem do empate.

A equipe rubro-negra ainda contará com o estreante Henrique Dourado, artilheiro do último Brasileiro, contratado do Fluminense.

O discurso, no entanto, é comedido. “Em clássico não tem essa de quem está melhor. É um jogo à parte. Temos que entrar atentos, se possível, não tomar gol. Será um jogo pegado. Independentemente de quem está melhor, será difícil”, disse o meia Everton Ribeiro.

Já o Botafogo teve um rendimento modesto no grupo C: foi segundo colocado, com duas vitórias e três empates. A desconfiança da torcida descambou em fúria após a eliminação em Aparecida de Goiânia na última terça-feira (6).

A derrota por 2 a 1, de virada, decretou o adeus à competição nacional ainda na primeira fase. Os atletas foram recebidos na última quarta-feira (7), no Rio, sob protestos —torcedores chegaram a arremessar pedras no ônibus da equipe.

O mandatário do clube, Nelson Mufarrej, se reuniu com o elenco nesta sexta-feira (9) para frisar a importância do clássico. “Tivemos essa conversa com o presidente. Ele nos apoiou, deu confiança para esse jogo. Uma vitória contra o Flamengo pode melhorar um pouco essa situação”, admitiu o meia Renatinho.

FLAMENGO

César; Pará, Réver, Juan e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego; Everton Ribero, Everton e Henrique Dourado. T.: Paulo César Carpegiani

BOTAFOGO

Jefferson; Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, João Paulo e Valencia; Rodrigo Pimpão, Luiz Fernando e Brenner. T.: Felipe Conceição

Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

Horário: 16h30 deste sábado

Juiz: Bruno Arleu de Araújo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber