Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Atlético-MG vai mal, mas segura empate e avança na Copa do Brasil

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Atlético-MG está na segunda fase da Copa do Brasil, mas não pelo futebol apresentado diante do Atlético-AC, e sim pelo regulamento do torneio, que dava ao time mineiro a vantagem de empatar o jogo contra o Atlético-AC. E foi isso o que o Atlético conseguiu, com muito custo, na Arena da Floresta. O resultado de 1 a 1, nesta quarta-feira (7), foi melhor para os mineiros, que seguem na competição e vão enfrentar o Botafogo-PB na próxima fase.

Apesar da classificação, a sensação que o time treinado por Oswaldo de Oliveira passou é que está muito longe de competir com as principais forças do futebol brasileiro. O gol de Erik, no fim do primeiro tempo, foi um achado. Muito pouco para uma das equipes mais caras do país diante de um adversário modesto, recém promovido à Série C do Brasileirão.

Os primeiros minutos de jogo foram de terror para a defesa do Atlético-MG. Tanto que o time da casa aproveitou uma dessas bobeiras para fazer o primeiro gol da noite, com o zagueiro João Marcus, de cabeça, após cruzamento da direita. O gol serviu para criar mais alguns minutos de instabilidade na equipe mineira, que demorou a segurar o Atlético-AC, bastante animado no início do jogo.

O empate mineiro veio no fim do primeiro tempo, com o Erik, que não fazia gol desde julho de 2016. Escalado como titular no lugar de Cazares, ele foi muito bem, se movimentou bastante e acabou premiado com o primeiro gol pelo Atlético-MG. Após jogada pela esquerda de Roger Guedes, ele pegou a sobra e marcou aos 43min.

Após ser melhor no primeiro tempo, o Atlétido acreano foi para cima logo no começo do segundo tempo. As duas primeiras alterações do técnico Álvaro Miguéis foram para deixar o time com mais poder ofensivo. E deu resultado. A equipe da casa se impôs e tomou conta do jogo e criou boas oportunidades, sendo a bola de Polaco na trave a melhor delas.

Pior em campo e sofrendo com os ataques do Atlético-AC, o Atlético-MG teve uma grande chance de fazer o segundo gol. Após erro da defesa e rebote do goleiro Raphael Barrios, a bola ficou livre para Ricardo Oliveira. Porém, o experiente centroavante do Galo chutou a bola em cima do arqueiro rival. Posteriormente, foi a vez de o volante Elias perder uma oportunidade incrível. Após uma rara troca de passes no ataque alvinegro, o camisa 7 chutou para fora, mesmo com o gol livre.

Após eliminar o Atlético-AC, o Atlético-MG já tem adversário definido para a segunda fase da Copa do Brasil. O time de Oswaldo de Oliveira vai enfrentar o Botafogo-PB, mais uma vez atuando como visitante. De acordo com a CBF, a partida vai ser acontecer daqui duas semanas. Nesta quinta-feira a entidade deve confirmar a data, se no dia 20 ou 21 deste mês.

ATLÉTICO-AC

Raphael Barrios; Matheus, João Marcus, Diego, Jeferson; Leandro Jucá (Vilson), Kássio, Ancelmo (Luiz Henrique); Araújo Jordão (Eduardo), Polaco, Rafael Barros. T.: Álvaro Miguéis

ATLÉTICO-MG

Victor; Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Arouca (Adilson), Elias, Otero; Erik (Marco Túlio), Róger Guedes (Luan), Ricardo Oliveira. T.: Oswaldo de Oliveira

Estádio: Arena da Floresta, em Rio Branco (AC)

Juiz: João Batista de Arruda (CBF/RJ)

Cartões amarelos: Leandro Jucá, Matheus e Jeferson (Atlético-AC) Samuel Xavier, Elias e Otero (Atlético-MG)

Gols: João Marcus, aos 6min do primeiro tempo (Atlético-AC); Erik, aos 43min do primeiro tempo (Atlético-MG)

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber