Mais lidas
Esportes

Corinthians e Shakhtar ficam próximos de acordo de R$ 24 milhões por Maycon

.

DASSLER MARQUES E RICARDO PERRONE

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Uma reunião nesta quarta-feira (7) deixou mais próxima a venda do volante Maycon, 20 anos, para o Shakhtar Donetsk-UCR. O Corinthians já sinalizou positivamente para uma oferta de 6 milhões de euros (cerca de R$ 24 milhões) por seu jogador e pode fechar a venda do jovem ainda nesta semana.

As conversas entre Corinthians e Shakhtar foram encaminhadas nos últimos dias, ainda na gestão Roberto de Andrade, e agora são concluídas pelo novo presidente Andrés Sanchez. Apesar de Maycon ser bem avaliado e visto como um jovem de futuro, o entendimento da atual diretoria é que a oportunidade era interessante e os valores ajudarão o clube a cumprir alguns compromissos. Segundo o último balanço oficial, o Corinthians possui 80% de direitos econômicos dele.

Para Maycon e seu estafe, a transferência para a Ucrânia também foi bem recebida e as partes aguardam pelo 'ok' dos clubes para preparar os contratos. A boa receptividade se dá não apenas pelos valores envolvidos em salários e premiações, mas também pelo aspecto esportivo.

O jogador terá a oportunidade de disputar a próxima edição da Liga dos Campeões e teve sinalizações positivas por parte da comissão técnica do Shakhtar. Hoje, há oito brasileiros no elenco do treinador português Paulo Fonseca: Marlos, Fred, Taison, Ismailly, Dodô, Bernard, Alan Patrick e ainda o ex-corintiano Dentinho.

Com seis jogadores na posição de Maycon (Gabriel, Camacho, Paulo Roberto, Renê Júnior, Jean e Warian), o Corinthians também entende que está bem servido no setor. A bem da verdade, no atual sistema 4-1-4-1 utilizado por Fábio Carille, só Gabriel tem atuado regularmente ao lado dos meias Jadson e Rodriguinho. Assim, também não houve impedimentos relacionados à parte técnica para se decidir.

Promovido das divisões de base em 2016, Maycon passou por empréstimo à Ponte Preta, onde alcançou a titularidade e experiência para retornar e ter um ano importante pelo Corinthians. Entre os jogadores mais regulares do ano passado, jogou em 55 dos 68 jogos de 2017, sendo 50 como titular. Ele perdeu a vaga na reta final do título brasileiro para Camacho, e neste ano viu Jadson assumir espaço pela faixa central.

Ainda na gestão Roberto de Andrade, o Corinthians fechou outras duas vendas importantes de campeões brasileiros: Jô, para o Nagoya Grampus-JAP, e Guilherme Arana, ao Sevilla-ESP.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber