Mais lidas
Esportes

Palmeirenses e são-paulinos trocam socos em trem de SP

.

ANA CAROLINA SILVA

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Dezenas de torcedores de Palmeiras e São Paulo entraram em confronto na noite deste sábado (3), em São Paulo, em um trem parado na estação Água Branca, da linha 7. O sistema é operado pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Feridos na briga, quatro suspeitos foram detidos por seguranças e levados para a Delpom (Delegacia de Polícia do Metropolitano), que tem base na estação Palmeiras-Barra Funda, da linha 3 do metrô. A Delpom confirmou a informação à reportagem.

No entanto, os três palmeirenses e o são-paulino foram liberados após assinatura do boletim de ocorrência e responderão em liberdade pelos crimes de dano, rixa e lesão corporal. Não é possível afirmar o horário em que a briga começou, mas a Polícia Militar foi acionada por volta de 21h30.

As imagens estão circulando pela internet e, segundo a página Diário da CPTM, são de autoria de Jéssica Mendonça, que se mostrou indignada durante a gravação. Não há registro do início da confusão, mas, em determinado momento, a moça chega a dizer que um são-paulino teria provocado os demais.

"Eu vou acionar a porta de emergência, fazer o quê? Vai morrer todo mundo aqui! Eles acabaram com a cara do cara. Agora vai dar morte. Um monte de trabalhador, mulher com criança. Eles não respeitam!", reclamou a moça.

O vídeo não torna possível identificar se os envolvidos no conflito têm relação com as principais torcidas organizadas dos dois clubes, a Mancha Alviverde e a Torcida Tricolor Independente.

O que se sabe é que os palmeirenses voltavam de um evento nos arredores do Allianz Parque, região onde também está situada a sede da organizada. Os são-paulinos voltavam do Morumbi após a vitória da equipe sobre o Botafogo-SP.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber