Mais lidas
Esportes

Renato evita cobrança ao time titular e 'crava' Grêmio classificado

.

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Renato Gaúcho evitou cobrança ao time titular do Grêmio após a derrota para o Cruzeiro-RS. Depois da estreia da equipe principal, o treinador driblou perguntas específicas sobre a atuação e elogiou o primeiro tempo apresentado neste sábado (3). Segundo ele, enquanto o Tricolor teve pernas conseguiu ir bem. O técnico ainda afirmou que a equipe vai se classificar às quartas de final do Gauchão. Mesmo que esteja na penúltima posição e sem vitórias.

O Grêmio conseguiu apenas um ponto nas cinco primeiras rodadas do estadual.

"Vimos algumas coisas boas, algumas coisas ruins. Mas esse é um papo meu com o grupo, ali no vestiário. Foi um bom primeiro tempo, criamos as melhores oportunidades. Era normal a equipe sentir, ritmo de jogo é importante. O adversário já tem, a gente teve que correr atrás pelo gol sofrido... As coisas complicaram ainda mais. Lógico que o resultado não foi bom, mas já tive uma conversa com o grupo. Quem está na frente, aproveita. Estou bancando o Grêmio entre os oito. Quem está à frente, aproveite. Daqui a pouco cada um volta para o seu lugar", disse Renato Portaluppi.

Na primeira etapa o Grêmio teve, pelo menos, quatro chances vivas para marcar. A primeira delas foi uma cabeçada forte de Kannemann que fez a bola explodir na trave. Na etapa final o ritmo caiu e o gol de pênalti do Cruzeiro fez a partida mudar.

"Eu gosto de falar no geral. Eu gostei do nosso primeiro tempo e não adianta querer cobrar muito, é o primeiro jogo... Eles estão sem ritmo e aí podem errar passe, cruzamento. Não adianta eu ficar cobrando demais o time no primeiro jogo. Gostei muito mais das coisas que aconteceram do que das coisas que não aconteceram. O crescimento da equipe vai vir. Qualidade nós temos, mas o ritmo faz falta", comentou o treinador.

Se Renato poupou Geromel, Luan e companhia não seguiu a mesma linha ao falar do time de transição. De forma indireta, o técnico lembrou que a situação atual do clube no estadual é reflexo da péssima arrancada da equipe formada por jovens e reforços recém-contratados.

"Sei que estamos correndo contra o tempo, mas o problema é que não começamos bem o campeonato. Não podemos culpar esse grupo aqui. Se tivéssemos vencido lá atrás, se tivéssemos conquistado uns quatro pontos, estaríamos melhor. Infelizmente não aconteceu. Temos que correr atrás do prejuízo. Só que não dá para cobrar 100% desse grupo. Eles não estão com o ritmo necessário", frisou Renato.

O Grêmio volta a campo na quarta-feira (7), diante do Brasil de Pelotas, outra vez em Porto Alegre.




×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber